Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

YouTube: conteúdo é tudo

É com o YouTube Analytics que você também irá estimular o seu púbico e interagir ainda mais aumentando o engajamento em seu canal.

128

Todo cuidado na hora de produzir conteúdo é pouco, afinal é lelé que vi alcançar o seu canal e definir o sucesso da empresa no YouTube. Interessou-se pelas formas de ganhar dinheiro com vídeos no YouTube? Pois saiba que o caminho para chegar lá demanda muito trabalho e tempo. Afinal, o interesse do público em seus vídeos depende deum fator importante: conteúdo. Não adiante ligar a câmera e postar qualquer coisa. O público do site de vídeos é exigente e a concorrência é bem grande! Apenas com um conteúdo de qualidade e interessante será possível atrair visitas e inscritos ao seu canal e, consequentemente, mais cliques para o AdSense e conversões para seu negócio. Além de falar sobre assuntos que interessem ao público, é bacana fazer vídeos bonitos, que tenham uma boa luz, edição, áudio, etc. Falarei disso melhor a seguir.

Outra boa dica para otimizar os vídeos é estudar as técnicas de SEO. Elas ajudam na otimização do canal para as ferramentas de buscas. Essenciais para quem quer conseguir posições de destaque na busca orgânica (busca espontânea, que não é paga) das páginas de respostas do Google e de outros buscadores. Estar bem colocado nos sites de busca é fundamental para quem quer ter sucesso on-line.

Ah! Vale lembrar que ética na Internet existe sim. E as regras devem serem cumpridas. Nem pense em copiar conteúdo, usar trilha sonora imprópria ou produzir conteúdo que possa estar fora das regras do YouTube e AdSense (falarei disto adiante).

TAMANHO DO VÍDEO

Conteúdo pronto, chegou a hora de dividi-lo com o mundo. Porém não antes de saber uma informação importante! O tamanho máximo de um arquivo enviado ao YouTube é de 128 GB e a duração máxima é de 11 horas. É preciso se certificar de que possui uma versão atualizada do navegador para poder enviar vídeos com mais GB. Para enviar um vídeo com mais de 15 minutos, por exemplo, é preciso verificar se você tem essa permissão. Para isso, acesse a página de envio de vídeos e, em seguida, aumente o limite. Você terá de seguir alguns passos até que sua conta seja finalmente desbloqueada,

Com o envio de um vídeo tão grande não é tarefa das mais fáceis, já que ele trava bastante dependendo de sua conexão com a Internet, quem usa os navegadores Chrome, Firefox, e Internet Explorer tem a possibilidade de poder retomar o Upload caso ele seja interrompido.

ESTIMULE SEU PÚBLICO

É com o YouTube Analytics que você também irá estimular o seu púbico e interagir ainda mais aumentando o engajamento em seu canal. Com a análise de seus dados, tente entender o que leva as pessoas a se inscreverem em seu canal. Isso o ajudará a transformar espectadores casuais em inscritos leais. Existe a possibilidade de geral relatórios de inscritos, que exibem em quais vídeos as pessoas se inscreveram ou cancelaram uma inscrição, e de visualizações x inscritos, que exibe a sua eficácia em conquistar inscritos a cada visualização. Analise datas e vídeos específicos com um grande número de aceitação para entender o que é mais relevante e bem recebido pelo seu público. Também é bacana analisar o número de curtidas e rejeição de cada vídeo. Outra boa maneira de estimular as pessoas que assistem o seu canal é interagir com elas nos comentários. Responda, inicie debates, converse, pergunte por que elas não estão gostando ou do que mais estão gostando…. Esteja aberto para ouvir. Isso fará que eles se sintam próximos a você e queiram participar ainda mais do seu canal.

TENHA UM CRONOGRAMA

Fato: alguns dos maiores canais tem uma frequência razoável de downloads por semana, e postam um, dois ou três vídeos em dias e horários preestabelecidos. Ou seja, é preciso sempre ter novidades para o público, caso contrário ele pode entrar no seu canal, ver que você não postou mais nada, encontrar um canal mais legal e atualizado com frequência e nunc mais voltar. Ou pior, o YouTube não é como um portal, que tem notícias todos os dias, então se as pessoas não souberem quando terão conteúdo, não vão voltar. Com base na análise do seu YouTube Analytics, escolha um dos dias da semana e o melhor horário para postar os seus vídeos e faça disso uma frequência. Dessa forma, você cria um compromisso com seu público, que irá se esforçar para não perder nenhum vídeo. É como se fosse a programação de uma emissora: em um horário x do dia x você não está lá esperando começar o seu programa favorito? No YouTube é a mesma coisa!

Acha difícil produzir tanto conteúdo? Estabeleça as suas datas e no início de cada mês monte um cronograma com os temas e datas de produção e edição de cada vídeo. Assim você consegue fazer conteúdo a mais e deixar guardado caso precise viajar ou se ausentar por um tempo. O que não pode é deixar de lado este compromisso com os seus espectadores/consumidores. Na Internet é assim, tudo funciona na velocidade da luz, as pessoas querem novidades 24 horas por dia. E quem não se adapta, acaba sendo engolido pela concorrência. É cruel, mas o mundo on-line não para!

HORA CERTA DE POSTAR!

Infelizmente, cada canal é um canal e não existe um período que seja bacana para todos. O legal é reparar no YouTube Analytics para conseguir atender o perfil de seu espectador e entender quais são seus hábitos. Se o seu púbico é adolescente, por exemplo, um horário bacana é ao meio-dia, quando alguns já saíram do colégio e outros ainda estão indo; já para um público que trabalha, o ideal é entre 8h e 9h30, pois muitas pessoas assistem os vídeos quando chegam o trabalho, ou então em seus horários de almoço. Segundo o site TuberFilter, que traz estatísticas e estratégias sobre o site de vídeos, os melhores dias são sempre quinta-feira e sexta-feira.

VOCÊ É O QUE TRANSMITE

Essa afirmação é a mais pura verdade quando falamos de YouTube. Antes de se expor em frente às câmeras, você deve pensar muito bem na mensagem que quer passar par não se expor de mais. Hoje em dia, a exposição é muito grande, um passo e falso fará os haters (nome dados aos críticos da internet) cair matando no seu trabalho e fazer uma propaganda negativa do canal e da sua marca, acabando com as chances de monetização. Por isso, além do roteiro, é importante se preocupar com o que a pessoa que representa sua marca está vestindo e com o cenário que está sendo mostrado. Afinal, ao ver a sua imagem, a pessoa pode formar uma primeira impressão sobre a sua marca. Pense na postura que quer passar para os espectadores. Você daria credibilidade a uma pessoa que fala de moda, mas que está malvestida? Pode parecer bobeira, mas isso conta muitos pontos e no vídeo faz toda diferença.

Bom vou ficando por aqui, próxima semana vou falar de SEO para o YouTube.

Até a próxima segunda e boa semana…

Delson Luiz F. Leite.

Consultor executivo de Transformação Digital

www.einsofti.com

Imagens: reprodução

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

UA-132776669-1