Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Tite exalta Neymar e admite expectativa por maior pressão após Copa do Mundo

4

O técnico da seleção brasileira, Tite, exaltou nesta sexta-feira o atacante Neymar, um dos 24 convocados para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador, em setembro, destacando que se trata de um jogador ainda com margem de evolução na carreira.

“Ele tem 26 anos e toda uma possibilidade de crescimento muito grande. Tem qualidade, é ‘top-3’. Vai ter uma condição cada vez maior. “Ele teve muita lucidez, ele vai no caminho correto”, disse o comandante, em entrevista coletiva concedida após convocação realizada no Rio de Janeiro.

“Vocês nunca viram eu falar do Neymar, elogiar. Era necessário o convívio, as relações. E quem convive com ele no dia a dia, sabe. Há questões que podem evoluir, mas, é preciso ter boa vontade dos dois lados”, completou o comandante dos pentacampeões mundiais.

Tite também falou sobre o recomeço do trabalho, após a queda nas quartas de final da Copa do Mundo. Embora a seleção tenha entrado com expectativa de título no torneio, disputado na Rússia, o treinador admite que terá que conviver com aumento de pressão a partir de agora.

“É maior. Na medida que não vence a Copa, é maior. Estabelecer os passos, o próximo passo, é o mais importante. Esses passos bem dados fortalecem lá na frente. Em algum momento na Copa, isso mudou. Faltou confiança. Queremos consolidar essas etapas de agora. Jogando muito, para que as pessoas possam analisar, que vejam que estávamos bem em diversos aspectos”, garantiu.

O técnico ainda foi questionado se, após renovar contrato até o fim do próximo Mundial, que será disputado no Catar, tem certeza que estará exercendo a função na competição.

“Não. No futebol você precisa de resultados e bom desempenho para essa projeção”, respondeu o ex-Grêmio, Internacional e Corinthians.

Tite ainda deixou claro que não pretende comandar a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de 2020, que serão realizados em Tóquio, caso a vaga seja conquistada no próximo ano pela equipe sub-20, durante o Campeonato Sul-Americano.

“Nós não conduzimos a situação da Olimpíada, mas temos grande profissionais. É muito melhor pegar um profissional com esse comportamento já pronto. Existem os profissionais com ‘know-how'”, admitiu o treinador.

Sobre a convocação de hoje e jovens que podem aparecer em próximas listas, Tite revelou três nomes em especial.

“Acompanhamos nomes como Richarlison (do Everton), Vinicius Júnior (do Real Madrid) e Douglas (do Manchester City)”, afirmou o comandante.

Além disso, Tite ainda tornou público os jogadores que apontou como os três melhores do mundo na última temporada, para premiação da Fifa, em que não pode escolher um compatriota. O técnico contou ter escolhido, na ordem, o croata Luka Modric, o egípcio Mohamed Salah e o atacante português Cristiano Ronaldo. Com informações da EFE

imagem de capa:EFE/ Antonio Lacerda

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.