Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Sorocaba: Cliente é ofendida após avaliar serviço de lanchonete em app: ‘Me deixa mais rico, otária’

Professora de Sorocaba (SP) diz que irá acionar a Justiça após reclamar de qualidade de lanche comprado por meio de aplicativo. Homem que se identificou como responsável por empresa alegou que resposta foi motivada por 'inimizade antiga'.

57

Por G1 – Uma professora recebeu ofensas por meio de um aplicativo de entrega de comida após avaliar o serviço de uma lanchonete em Sorocaba (SP). Bárbara Silva, de 25 anos, comprou um lanche de R$ 13 no último domingo (17) e postou o comentário no mesmo dia.

Porém, a resposta da lanchonete foi disponibilizada pelo aplicativo apenas nesta quinta-feira (21). No texto, a professora relatou que o lanche chegou gelado, sem alguns ingredientes e reclamou da embalagem, afirmando que ligou no comércio e não foi atendida.

Em resposta, a jovem foi chamada de “biscate” e “otária” . “Então vá para p****! Primeiro, que você não ligou para o restaurante p** nenhuma! Segundo, você foi a única biscate que reclamou do lanche”, dizia a resposta. (Veja acima)

Em nota, o iFood declarou que recebeu a notificação da cliente nesta sexta-feira (22) e que o caso está em apuração para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

Cliente afirma que precisou remontar o lanche antes do consumo em Sorocaba — Foto: Arquivo pessoal/Bárbara SilvaCliente afirma que precisou remontar o lanche antes do consumo em Sorocaba — Foto: Arquivo pessoal/Bárbara Silva

Cliente afirma que precisou remontar o lanche antes do consumo em Sorocaba — Foto: Arquivo pessoal/Bárbara Silva

“Chegou no horário estipulado, mas o produto era vergonhoso. Minha intenção era falar sobre a qualidade do produto. Procurei a lanchonete nas redes sociais e não encontrei, então fiz a avaliação no app”, afirma a professora.

Bárbara afirma ainda que prefere relatar problemas de algum serviço utilizado diretamente com o responsável, e não usando as redes sociais. “Mas publiquei dessa vez e me responderam assim. Antes de consumir, tive que remontar o lanche na chapa”, diz

Em contato com a reportagem do G1, Giovani Silva, que se identificou como responsável pela lanchonete Big Burguer, disse que a resposta foi motivada por uma inimizade com a cliente.

Lanchonete de Sorocaba respondeu avaliação de cliente com ofensas — Foto: ReproduçãoLanchonete de Sorocaba respondeu avaliação de cliente com ofensas — Foto: Reprodução

Lanchonete de Sorocaba respondeu avaliação de cliente com ofensas — Foto: Reprodução

Segundo ele, o motoboy que levou o lanche até a casa da cliente também foi ofendido após a máquina de cartão não funcionar no momento do pagamento. No entanto, Bárbara conta que o pagamento foi realizado vai aplicativo. O dono da lanchonete afirmou que buscará uma retratação na Justiça.

“Esta mulher é uma pessoa conhecida de algum de nós. Trabalhávamos em outra lanchonete, houve uma inimizade e uns conflitos. Mandamos o motoboy até o endereço, ela tratou ele mal e com grosseria.”

Ainda segundo o empresário, todos os lanches são enviados da mesma forma “em um papel alumínio para não esfriar, preso com um durex para não desmontar e embalado”.

“Ela foi a única que nos ofendeu, as outras pessoas que comeram do mesmo lanche não reclamaram, pelo contrário, elogiam sempre e agradecem. Por esta mulher ter uma inimizade entre nós, respondi daquela forma para ela, e não generalizando, ok?”, argumenta Giovani.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

UA-132776669-1