Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Rússia expulsa 60 diplomatas dos EUA e fecha consulado do país

5
Nedida foi anunciada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, e serve de resposta às sanções norte-americanas ao país liderado por Putin

O caso do envenenamento do ex-espião russo, Sergei Skripal, vem aumentando a tensão entre a Rússia, os Estados Unidos e o Reino Unido. No mais recente episódio deste incidente entre as potências mundiais, o Kremlin vai expulsar 60 diplomatas norte-americanos e fechar o consulado dos Estados Unidos em São Petersburgo, adianta a BBC.

A medida foi anunciada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, e serve de resposta às sanções norte-americanas ao país liderado por Putin – a expulsão de 60 diplomatas russos e o encerramento do consulado russo em Seattle por parte de Washington -, no seguimento da investigação britânica ao ataque ao ex-espião em Salisbury.

+ ‘Inferno não existe’, diz papa Francisco, segundo jornal

Lavrov disse que o embaixador norte-americano foi informado das “medidas de retaliação”. Mais de 20 países já anunciaram a expulsão de diplomatas russos em solidariedade com o Reino Unido.

Entenda o caso

Sergei Skripal, 66 anos, e a sua filha, Yulia, 33, foram encontrados inconscientes em um banco em Salisbury. As autoridades britânicas iniciaram uma investigação e descobriram que os dois tinham sido envenenados com o agente neurotóxico Novichok.

Não foi o primeiro caso de um ex-espião russo a ser envenenado em território britânico. O Reino Unido não ficou satisfeito com as explicações de Moscou, que continua a negar qualquer envolvimento neste caso. Sergei Skripal permanece em estado crítico, mas a sua filha já apresenta sinais estáveis de recuperação.

Com informações do Notícias Ao Minuto.

Imagem de capa: Reuters

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.