Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Ronaldo: ‘Ninguém me defendeu quando me chamavam de gordo’

Em entrevista ao 'Financial Times', o Fenômeno falou sobre diversos assuntos, entre eles o preconceito com gays, negros e a gordofobia.

13

Ronaldo Fenômeno já foi questionado dezenas de vezes sobre seu peso e em sua entrevista para o jornal britânico ‘Financial Times’ não seria diferente. O ex-atacante, porém, mostrou que leva a situação com bom humor e disse que nunca foi defendido ao ser chamado de gordo.

– Eu vejo muitos ativistas para muitas coisas. Se você é negro, se você é gay. . . (mas as pessoas) chamam o Ronaldo de gordo… Eu nunca vi ninguém que me defendeu quando me chamavam de gordo – diz ele com um sorriso. ‘Eu não me importo’ – completou.

O ex-jogador falou ainda sobre a final da Copa do Mundo da Coreia e do Japão, em 2002. Ronaldo lembrou que mal dormiu na noite anterior com medo de ter uma convulsão, como o ocorrido com ele na final de 1998, na França.

– A final em Yokohama ocorreu às oito horas da noite, igual em Paris. Depois do jantar, todos foram dormir e eu, sozinho, pensava: ‘não quero dormir, porra. Busquei pessoas com quem conversar e encontrei Dida. Eu lhe disse: ‘não, por favor, fique comigo’. Não dormi nada por medo que voltasse a acontecer (a convulsão). Dida ficou o tempo todo comigo – afirmou.

Com informações do Lance

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

UA-132776669-1