Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Esquadrilha da Fumaça se apresenta em Indaiatuba nesta sexta (12)

6
O espetáculo contará com sete aeronaves e sete pilotos, que em aproximadamente 50 minutos encantarão o público com acrobacias e desenhos no céu. O uso de Drone é proibido para segurança de todos. O evento também contará com o canil da Guarda Civil e o animador Koringa.

A Prefeitura de Indaiatuba e a Câmara Municipal promovem, neste dia 12 de outubro, uma apresentação da Esquadrilha da Fumaça. O evento é gratuito e acontecerá em comemoração ao Dia das Crianças, a partir das 10h, na avenida Fábio Ferraz Bicudo. O objetivo da Demonstração Aérea é difundir, em âmbito nacional e internacional, a imagem institucional da Força Aérea Brasileira (FAB).

O espetáculo contará com sete aeronaves e sete pilotos, que em aproximadamente 50 minutos encantarão o público com acrobacias e desenhos no céu. O uso de Drone é proibido para segurança de todos. O evento também contará com o canil da Guarda Civil e o animador Koringa.

Esta será a segunda vez que a Esquadrilha da Fumaça se apresenta no município. A última demonstração aconteceu há 9 anos, em comemoração aos 179 anos de Indaiatuba, e reuniu mais de 20 mil pessoas ao longo do Parque Ecológico.

História

A Esquadrilha da Fumaça nasceu da iniciativa de jovens instrutores de voo da antiga Escola de Aeronáutica, no Rio de Janeiro, que, em suas horas de folga, treinavam acrobacias em grupo, com o objetivo de mostrar aos cadetes a capacidade e segurança dos aviões, incutindo-lhes confiança e motivando-os para a pilotagem militar. Em 14 de maio de 1952, aconteceu a primeira demonstração oficial da Esquadrilha da Fumaça no Rio de Janeiro.

Aeronaves utilizadas

A equipe iniciou suas atividades com o avião norte-americano NA T-6 Texan, e o utilizou até a desativação do Esquadrão em 1977. No final dos anos 1960, por um breve período, operou os jatos de fabricação francesa T-24 Super Fouga Magister. Reativada em 1982, a Esquadrilha da Fumaça voou o T-25 Universal e, rapidamente, em 1983, passou a voar os turbo-hélices de treinamento T-27 Tucano, fabricados no Brasil pela Embraer. Em 31 de março de 2013, aconteceu a última demonstração com essa aeronave que, em seguida, foi desativada, dando lugar ao seu substituto: o Embraer A-29 Super Tucano. Assim como o T-27, o A-29 também recebeu a pintura nas cores da Bandeira Nacional.

Recordes

A Esquadrilha da Fumaça já atingiu três recordes mundiais – “Guinness World Records”. O último recorde alcançado aconteceu em 2006, quando 12 aeronaves voaram de dorso (cabeça pra baixo) por 30 segundos, percorrendo três mil metros. O momento ocorreu na Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga. No ano de 1996, a Esquadrilha bateu seu primeiro recorde, quando dez aeronaves fizeram o voo invertido por 30 segundos, uma marca então inédita. No ano de seu cinquentenário, 2002, a Fumaça atingiu mais um recorde com o voo invertido de onze aviões. Com informações da Prefeitura de Indaiatuba.

Imagem: divulgação

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.