Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Piracicaba: Homem é detido suspeito de amarrar, torturar e tentar matar esposa grávida

3

Um homem foi detido nesta quarta-feira (14) suspeito de amarrar, amordaçar, agredir com socos e um facão e tentar matar a esposa, com quem é casado há 12 anos, em Piracicaba (SP). Segundo a Polícia Militar (PM), a mulher está grávida e foi levada para uma chácara na zona rural da cidade. Ela conseguiu fugir das agressões após se jogar no Rio Piracicaba, segundo a corporação.

.

O suspeito, que negou o crime para a PM, foi levado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Piracicaba, onde caso seguia sendo registrado até esta publicação. A mulher, gestante de 9 semanas, sofreu ferimentos leves e está internada no Hospital Fornecedores de Cana (HFC).

Segundo a PM, ele ligou, durante a manhã, pelo 190 e relatou que a esposa tinha sido sequestrada. Disse também que conseguiu rastrear o celular dela e que chegou a ir ao local e ver a esposa e outros dois homens, mas não foi possível identificá-los.

A PM desconfiou da conversa e das marcas que o homem tinha no corpo, que apontavam luta corporal. Segundo a PM, ele estava com arranhões no braço e no pescoço. A corporação pediu reforço e outra viatura passou a fazer rondas em hospitais e pronto-socorros da cidade.

Durante as rondas, o homem contou para a polícia que a esposa estava grávida. Uma viatura foi à maternidade da HFC e localizou a vítima.

Amordaçada, amarrada e agredida com socos e facão

Segundo a PM, a mulher relatou que o homem a torturou durante toda a madrugada e amarrou os pés e as mãos. Ela disse que foi levada para uma área de mato, a mesma apontada pelo marido, e que lá ele desferiu socos e a machucou com um facão. A chácara fica no bairro Itaperu, a cerca de 15 quilômetros do Centro de Piracicaba.

A mulher disse, ainda, que o homem chegou a anunciar que seria o “fim dela”. Neste momento, ela pediu para que pudesse se limpar, foi na beirada do Rio Piracicaba e se jogou.

Segundo a PM, o suspeito ainda entrou na água para tentar alcançá-la, mas não conseguiu por causa da correnteza. Após um tempo, ela deixou o rio e pediu ajuda, sendo levada para o HFC.

Até esta publicação, o caso seguia sendo registrado na DDM e a mulher continuava internada no hospital. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, ela sofreu ferimentos leves e está estável. Está tudo bem com a gravidez, informou o HFC.

A assessoria informou também que a mulher realiza exames e passará por outra avaliação médica. Com informações do G1

Imagem:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.