Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Paulínia: Em rede social, prefeito interino confirma dois novos secretários; veja outras mudanças

15
Du Cazellato confirmou nomes para Esportes e Planejamento nesta terça-feira. Na semana passada, administração exonerou 14 nomes do 1º escalão do governo Dixon e comissionados.

O prefeito interino de Paulínia (SP), Du Cazellato (PSDB), usou uma rede social nesta terça-feira (20) para confirmar Ede Carlos Jesus e Sérgio Zanovelo como secretários de Esportes e Planejamento. Na semana passada, o tucano determinou cortes de 14 nomes que integravam o primeiro escalão de Dixon Carvalho (PP), que teve mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) e ainda espera julgamento de recursos para tentar anular a decisão que reprovou contas das eleições 2016.

No texto, Cazellato lembra que outros profissionais também serão integrados ao governo:

  • Meire Müller (Educação)
  • Rodrigo Nali (Cultura)
  • Jorge Israel (Desenvolvimento e Defesa do Meio Ambiente)
  • Marcelo Mello (Obras e Serviços Públicos)
  • Rita Coelho (chefe de gabinete em Assistência Social e Cidadania)

Estes nomes ainda não foram publicados pela administração no semanário oficial.

Trocas

Na semana passada, o prefeito interino já havia confirmado as nomeações de José de Freitas Guimarães (Recursos Humanos) e de Nívia Carla Fonseca (presidente do Instituto de Previdência). Além disso, também foram exonerados cerca de 300 funcionários comissionados – contratados sem a realização de concurso – entre eles, assessores e diretores de departamento. Clique e veja lista.

A assessoria do governo informou, em nota divulgada neste tarde, que cinco nomes serão mantidos no primeiro escalão: Carlos Alberto “Grilo” (Turismo), Laércio Giampaoli (Transportes), Genézio Pires Luiz (Assistência Social), Lúcia Giunco (Finanças), Leonardo Viu (Habitação)

Secretários exonerados

  • Caio Carneiro Campos (Esportes e Recreação)
  • Emerson Baptista de Oliveira (Segurança Pública)
  • Eduardo Berenguel (Negócios da Receita)
  • José Carlos Campos de Almeida (Defesa Civil)
  • Pedro José Gonçalves (Recursos Humanos)
  • Rui Rabelo (Desenvolvimento Econômico)
  • Reginaldo Antonio Vieira (chefe de Gabinete)
  • Valdir Aparecido Terrazan (Obras e Serviços)
  • Vicente de Paulo Bonaldi Moraes de Souza (Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente)
  • Washigton Carlos Ribeiro Soares (Administração)
  • Vlanilson Vieira (Planejamento)
  • Fernando Henrique de Queiroz Mais (Cultura)
  • Luciano Bento Ramalho (Educação)
  • Flávio Xavier de Souza (secretário de Governo)
  • Sérgio Henrique Balbino (presidente do Instituto de Previdência)

O que diz a Prefeitura?

De acordo com a Prefeitura, a medida de exonerar secretários e servidores comissionados visa atender aos questionamentos feitos pelo Ministério Público à Justiça sobre a estrutura e readequar a folha de pagamentos que, segundo Cazellato, ultrapassa limite previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o que pode resultar em penalidades.

A instabilidade política na cidade resultou em 11 trocas no comando do Executivo desde 2013. Dixon Carvalho e o vice tiveram os mandatos cassados após a prestação de contas da campanha de 2016 ter sido reprovada pela Justiça Eleitoral. Eles, entretanto, negam irregularidades.

Imagem: Reprodução

Com informações do G1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.