Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Palmeiras é 10 vezes campeão nacional. Ponto

E para quem reclama dos dois títulos nacionais do Palmeiras em 1967, que tal os dois campeões brasileiros de 1987, titulo até hoje reclamado por Sport e Flamengo?

123

Muitos torcedores de outros times desprezam a décima conquista nacional do Palmeiras porque o Campeonato Brasileiro começou apenas em 1971. A Taça Brasil (1959-1968) e o Campeonato Roberto Gomes Pedrosa (1967-1970) ganharam equivalência com o Brasileirão após o reconhecimento pela CBF do “Dossiê pela unificação dos títulos brasileiros a partir de 1959”, do jornalista e historiador Odir Cunha, feito a pedido de seis grandes clubes – Santos, Palmeiras, Fluminense, Botafogo, Cruzeiro e Bahia. As datas são significativas: 1959 é um ano depois do primeiro título de campeão mundial do Brasil, e 1971 é o ano seguinte da consagração do tricampeonato no México.

O período entre 59 e 71, que pode facilmente ser chamado de Era de Ouro do futebol brasileiro, não teria consagrado nenhum campeão nacional? Torneios que envolveram o Santos de Pelé e Coutinho; o Botafogo de Garrincha e Nilton Santos; o Cruzeiro de Tostão e Dirceu Lopes e o Palmeiras de Djalma Santos e Ademir da Guia não merecem o status de competições nacionais? Além disso, a Taça Brasil indicava o representante brasileiro na Taça Libertadores da América.

Já o Roberto Gomes Pedrosa (goleiro da seleção na Copa de 1934 e ex-presidente da Federação Paulista de Futebol) era, nos primórdios, o nome oficial do Torneio Rio-São Paulo. A partir de 1967 ele foi “turbinado” com a participação de gaúchos, mineiros, paranaenses e, mais tarde, baianos e pernambucanos, passando a ser chamado pela imprensa e torcedores de “Robertão”.

A sobreposição ocorrida em 1967 e 1968 é resultado da decadência da formula da Taça Brasil (mais parecida com a atual Copa do Brasil), surgida num país com infraestrutura viária muito mais precária, e a ascensão do “Robertão”, que permitia a realização de mais partidas e a partir de 1968, passou a indicar os representantes brasileiros na Libertadores.

Apenas em 1971 o Campeonato Brasileiro surgiria, em pleno “milagre econômico”, mas alegar que ele é muito mais representativo ou organizado que seus predecessores é, novamente, ignorar a história. O Brasileirão chegou a 94 (!) clubes em 1979, dentro da lógica do regime militar que era “onde a Arena vai mal, um time no Nacional”.

E para quem reclama dos dois títulos nacionais do Palmeiras em 1967, que tal os dois campeões brasileiros de 1987, titulo até hoje reclamado por Sport e Flamengo? Em 1992, a Football League First Division da Inglaterra rompeu com a Football League para formar a Premier League, hoje o campeonato nacional mais lucrativo e popular do mundo. Nem por isso a centenária história do campeonato inglês anterior foi descartada, e times como o Liverpool, Tottenham, Everton, Aston Villa e Leeds são considerados campeões mesmo sem nunca terem vencido no formato atual.

Imagens: reprodução

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

UA-132776669-1