Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

O sucesso do modelo educacional do Canadá, onde os professores não fazem concurso público

10
Os diretores das escolas têm um papel essencial na criação dos programas acadêmicos, num dos países ‘top 10’ no exame PISA

Em algumas províncias do Canadá, como Ontário, os professores são contratados em função daquilo que o colégio precisa. Não há concursos públicos, são os diretores de escola que determinam quantos docentes são necessários a cada ano e para quais disciplinas. O candidato deve dar uma aula diante de um comitê de especialistas e ser aprovado numa entrevista pessoal. Se escolhido, é contratado e vira funcionário público. Durante os dois primeiros anos, o diretor do colégio revisará seu trabalho e, se estiver dentro dos padrões, voltará a enfrentar esse controle a cada cinco anos. Aos 54 anos de idade, esse professor poderá se aposentar, e sua pensão será uma das mais altas do corpo de funcionários de Ontário, 48.000 dólares canadenses por ano (136.200 reais). O salário médio de um professor nessa província, cuja capital é Toronto, é de 80.000 dólares por ano (227.000 reais).

Com informações do El País

Imagem de capa: Reprodução

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.