Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Não erre mais; Porque, por que, porquê, por quê

19

Estas quatro formas existem na Língua Portuguesa e são utilizadas em situações diferentes.

PORQUE

Porque (junto e sem acento) é utilizado em respostas e significa: pois, uma vez que, visto que, dado que, por causa de, pelo motivo de… É uma conjunção subordinativa causal ou explicativa que une duas orações.

Exemplos:

  • Eu não fui trabalhar porque perdi o ônibus.
  • Eu vou ao supermercado porque fiquei sem manteiga.
  • Comprei este produto porque era o mais barato.

POR QUE

Por que (separado e sem acento) se utiliza no meio das frases. Pode ser a junção da preposição POR com o pronome relativo QUE ou com o pronome interrogativo QUE, tendo dois usos diferentes. Ou seja, como pronome relativo significa: por qual ou pelo qual. E como pronome interrogativo significa: Por qual motivo, por qual razão.

Exemplos com por que (pronome interrogativo)

  • Eu gostaria de saber por que razão eu não fui escolhida para o trabalho.
  • Por que não veio falar comigo?

Exemplos com por que (pronome relativo)

  • As razões por que tive aquela atitude não lhe dizem respeito.
  • Eu já morei na rua por que estamos passando.

PORQUÊ 

Porquê (junto e com acento) é um substantivo masculino, mesmo significado de motivo, razão e causa. Quase sempre vem acompanhado do artigo definido o: o porquê.

Exemplos:

  • Gostaria de saber o porquê de sua mudança de opinião.
  • Dê-me um porquê para eu não me ir embora agora.
  • Existem dois porquês que justificam seu comportamento.

POR QUÊ

Por quê (separado e com acento) é utilizado apenas no fim de perguntas. Significa por qual motivo, por qual razão. O pronome quê também é tônico e acentuado nas expressões de quê e para quê.

Exemplos:

  • Você já saiu da escola? Por quê?
  • Ela está sempre mentindo e eu não sei por quê.
  • Aquele funcionário faltou ao trabalho e nem disse por quê.

Imagem: reprodução

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.