Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Loss explica saída de Pedrinho e pretende mudar time inteiro no intervalo

4

O técnico Osmar Loss explicou após o treino desta terça-feira o motivo por tirar o jovem Pedrinho do time titular já no primeiro amistoso da equipe do segundo semestre, contra o Cruzeiro, no Mineirão, às 20h (de Brasília) da quarta. Para ele, a saída do canhoto se dá justamente pela volta do atacante Clayson, titular da equipe desde o final do ano passado, recuperado de uma cirurgia no joelho direito.

“Não tem nenhum aspecto técnico na realidade. A gente está na expectativa do Clayson, hoje (terça) ele foi poupado, mas, se ele estiver bem, ele nos dá profundidade e contenção. Não tem nenhum ponto em decréscimo do Pedrinho neste caso. Ele vai jogar na segunda equipe”, disse Loss, que pretende utilizar os titulares por apenas 45 minutos, trocando todo o time na etapa final.

“A gente está levando 23 jogadores. A ideia é fazer uma troca integral no intervalo, como eu tinha dito, vai servir como um elemento de carga de trabalho geral. Deixamos seis ou sete jogadores só no CT. Vamos poder experimentar jogadores que não vinham jogando porque a gente precisa contar com todos e saber o que cada um pode oferecer”, avaliou.

O time escalado no treino teve Walter; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel, Renê Júnior; Romero, Rodriguinho e Mateus Vital; Roger. Com relação ao time que encarou o Bahia no dia 13 de junho, na última vez em que o Alvinegro entrou em campo, as mudanças são as entradas de Renê Júnior no lugar de Maycon, vendido para o Shakhtar Donetsk, Romero, de volta após servir o Paraguai, na de Marquinhos Gabriel, e Mateus Vital, segurando a vaga de Clayson, no posto de Pedrinho.

Para Loss, o torcedor vai entender que o resultado do embate em Minas não será tão importante quanto o futebol que os corintianos desempenharem. “A gente sempre joga na busca pela vitória, mas há de se entender que, como a gente vai usar um planejamento para 45 minutos, não podemos colocar o resultado como decisivo”, avaliou o comandante, satisfeito com o nível dos adversários que terá pela frente.

“Nesse primeiro jogo e no contra o Grêmio teremos o mesmo planejamento, nossa ideia é conseguir que eles “encham o balão” para recuperar o condicionamento físico. São grandes rivais com um nível que vai mostrar bem o que teremos de enfrentar quando a gente tiver realmente disputando as vagas na Copa do Brasil e da Libertadores”, concluiu Loss.

Imagem: Reprodução / Sérgio Barzaghi Gazeta Press

Com informações da Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.