Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Litoral de São Paulo terá reforço de 2.758 PMs para operação verão

41
Os municípios do litoral que terão mais policiamento são: Guarujá, Santos, São Vicente, Praia Grande, Iguape, Cananeia, Peruíbe, Ilha Comprida, Itanhaém, Mongaguá, Cubatão, Bertioga, Ilhabela, São Sebastião, Ubatuba e Caraguatatuba.

Dezesseis cidades do litoral sul e norte de São Paulo receberão o reforço de 2.758 policiais militares durante a Operação Verão, que começou na quarta-feira (19) e vai até o dia 8 de fevereiro do ano que vem. As informações são da gestão Márcio França (PSDB).

Os municípios do litoral que terão mais policiamento são: Guarujá, Santos, São Vicente, Praia Grande, Iguape, Cananeia, Peruíbe, Ilha Comprida, Itanhaém, Mongaguá, Cubatão, Bertioga, Ilhabela, São Sebastião, Ubatuba e Caraguatatuba.

Além dos PMs, haverá ainda reforço 1.521 policiais civis. Segundo o governo, eles atuarão nas ruas e nas delegacias, fazendo investigação e atendendo à população. Nas praias e nas represas, o Corpo de Bombeiros vai atuar com 600 guarda-vidas.

Segundo o governo, 1.954 PMs serão enviados para cidades da Baixada Santista e 505 para o litoral norte. O policiamento rodoviário também será reforçado com 299 agentes.

“É um reforço muito importante, pois aumenta o policiamento no litoral”, afirmou o governador Márcio França (PSB).

No sábado (15), uma tentativa de assalto na Praia dos Milionários, em São Vicente, terminou com um homem morto e uma mulher ferida.

O homem teria tentado assaltar uma mulher na orla da praia, com uma arma de fogo. De acordo com informações da Polícia Militar, outros banhistas perceberam o que estava ocorrendo e partiram para cima do assaltante.

Ele reagiu atirando e atingiu uma mulher de 32 anos, que foi levada ao Hospital Municipal de São Vicente para ser atendida.

Dois policiais militares que estavam de folga, no calçadão próximo, ouviram os disparos e correram para o local. Segundo a polícia, houve confronto e o homem morreu em uma rua próxima à praia. Os policiais não foram atingidos.

Indicadores de violência Segundo dados apresentados na tarde de sexta-feira (21), o estado de São Paulo registrou em novembro a redução de praticamente todos os indicadores de violência computados pela polícia e conseguiu, entre eles, a menor quantidade de roubos a banco da história: um caso.

A redução do número de roubos a banco no mês passado, segundo os dados apresentados pelo secretário Mágino Alves Barbosa Filho, representa uma queda de 86% em comparação a novembro de 2017, quando foram registrados sete casos.

Os homicídios dolosos (intencionais) também tiveram queda de 12,6% em novembro, em relação a igual período de 2017, passando de 294 vítimas para 257. Foi a 12º queda seguida nos registros de homicídios, levando a taxa de mortes por grupo de 100 mil para 7,2.

Já os estupros caíram 12,3%, indo de 1.051 casos em novembro de 2017 para 922 registros no mês passado.

O estado também registrou nova queda nos roubos de carga. Foi a 15ª vez seguida. Desta vez, a redução foi de 16,2%: foram de 829 registros em novembro do ano passado para 695 em novembro de 2018.

Imagem: Reprodução

Com informações da Folhapress.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

UA-132776669-1