Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Leco volta a ser xingado por torcida do São Paulo em mais um revés

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, voltou a ser alvo de xingamentos durante a tarde deste sábado.

24

Durante e depois da derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, no Pacaembu, o mandatário ouviu a torcida tricolor hostilizá-lo em alto e bom som.

“Ei! Leco! Vai…”, gritou em uníssono a torcida do São Paulo, após o belo gol de Carlos Eduardo, aos 34 minutos do segundo tempo. O presidente já havia sido xingado durante o intervalo da partida.

Alguns torcedores localizados nas numeradas cobertas do estádio se direcionaram ao camarote de Leco e exigiram a renúncia do contestado dirigente. Mas Leco não foi o único a ser criticado pela torcida.

O elenco também recebeu vaias e xingamentos dos mais de 17 mil são-paulinos que compareceram ao Pacaembu. “Time sem vergonha” e “Muito respeito com a camisa tricolor” foram alguns dos gritos de guerra proferidos pela torcida.

Os protestos, aliás, têm sido recorrentes nos jogos do São Paulo neste ano. A mesma situação aconteceu nos resultados negativos diante de Guarani (0x1), Talleres-ARG (0x0) e Ferroviária (1×1).

Com a derrota, o São Paulo ficou em situação ainda mais delicada no Campeonato Paulista. O time ocupa o segundo lugar do Grupo D, com 14 pontos, três a menos que o Ituano e dois a mais que o Oeste, que visita o Corinthians neste domingo.

Dessa forma, o São Paulo torce para que o arquirrival não perca para o time do interior. Pela 12ª e última rodada da primeira fase, o Tricolor enfrenta o São Caetano na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília).

Com informações da Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

UA-132776669-1