Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Leco quer manter Jardine para 2019 e aguarda desfecho da temporada

5

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, planeja manter André Jardine como treinador da equipe profissional em 2019. Acreditando no potencial do auxiliar técnico que deixou Cotia neste ano para trabalhar com Diego Aguirre, o mandatário tricolor aguarda o desfecho desta temporada para bater o martelo.

Campeão da Copa do Brasil e Libertadores sub-20 com o São Paulo, André Jardine se tornou uma unanimidade em Cotia. Depois de conduzir o time tricolor à final da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano, o principal torneio de categorias de base do Brasil, o treinador acabou recebendo uma oportunidade para trabalhar com os profissionais no CT da Barra Funda, com um plano de carreira para assumir a equipe a longo prazo.

Jardine foi uma peça importante na integração entre o time profissional e o sub-20, implementada com mais força pela nova diretoria de futebol do São Paulo, encabeçada por Raí. Como auxiliar de Aguirre, ele conseguiu fazer com que nomes como Luan e Liziero ganhassem destaque entre os mais experientes, além de outros atletas vindos de Cotia, como Brenner, Helinho e Igor Gomes.

Recentemente, o auxiliar técnico são-paulino viajou à Europa, apoiado pelo seu clube, para conhecer novos métodos de treinamentos e acompanhar jogos de grandes equipes do continente. Jardine esteve presente em partidas da Liga dos Campeões, Liga Europa, Campeonato Espanhol e Campeonato Inglês. Em suas redes sociais, ele registrou, inclusive, os encontros que teve com os brasileiros Arthur e Philippe Coutinho, ambos do Barcelona.

Agora, tudo dependerá dos resultados que serão conquistados pelo São Paulo neste final de temporada. Restando cinco rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, André Jardine terá verdadeiras provas de fogo para mostrar que tem condições de ser o novo treinador tricolor. Neste ano, ele esteve à beira do campo nas vitórias sobre o Red Bull Brasil, por 3 a 1, pelo Paulistão, e sobre o CRB, por 3 a 0, pela Copa do Brasil. Em 2016, dirigiu também interinamente o time profissional contra o Santa Cruz (vitória por 2 a 1, no Arruda) e Botafogo (derrota por 1 a 0, no Morumbi).

Imagem: Reprodução

Com informações da Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.