Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Justiça manda soltar Joesley Batista

11
Ele havia sido preso na última sexta (9), durante operação que mirou um esquema de corrupção entre a JBS e o Ministério da Agricultura

O empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, teve pedido de liberdade concedido pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Nefi Cordeiro, na tarde desta segunda-feira (12).

A defesa de Joesley havia pedido extensão de habeas corpus concedidos por Cordeiro, também hoje, a Neri Geller (PP), ex-ministro da Agricultura entre 2014 e 2015 e eleito deputado federal neste ano, e Rodrigo Figueiredo, secretário da pasta no período.

Escanteou o Ciro e selou destino das esquerdas, diz Marta sobre Lula

Assim como o empresário, eles foram presos durante a Operação Capitu, deflagrada pela Polícia Federal (PF) de Minas Gerais, na última sexta-feira (9).

A ação da PF mirou um esquema de corrupção entre a JBS e o Ministério da Agricultura. Foram presos Joesley Batista, Ricardo Saud, Florisvaldo Caetano e Demilton de Castro, empresários que já firmaram colaboração premiada com a Justiça. As informações são da Folhapress.

Também foram presos o vice-governador de Minas, Antônio Andrade (MDB), que foi ministro da Agricultura entre 2013 e 2014, e o deputado estadual João Magalhães (MDB). Segundo a investigação, a propina paga ao ministério para beneficiar a JBS era intermediada e distribuída por Eduardo Cunha (MDB), Andrade e Magalhães entre políticos do MDB. Com informações da CBN.

Imagem: REUTERS/Adriano Machado/File Photo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.