Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Itapetininga: Mais de 30 atropelamentos de pedestres são registrados na Raposo Tavares, aponta Polícia Rodoviária

3
Segundo a polícia, foram registrados 33 atropelamentos entre janeiro e julho deste ano, em Itapetininga (SP). Reportagem do G1 e TV TEM flagrou pedestres se arriscando pela rodovia.

Mais de 30 atropelamentos foram registrados entre janeiro e julho deste ano na rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Itapetininga (SP), segundo a Polícia Rodoviária.

Os dados representam que cinco pessoas foram atropeladas por mês, sendo um atropelamento por semana. Já em 2017, segundo a Polícia Rodoviária, foram registrados 61 atropelamentos de pedestres.

Nesta terça-feira (7), a reportagem do G1 e TV TEM registrou flagrantes de pedestres se arriscando pela Raposo Tavares. Em um trecho, próximo à base da Polícia Rodoviária, duas mulheres foram flagradas atravessando a via.

Nas imagens (Veja acima) é possível ver que elas passam pelo canteiro central da rodovia, uma delas olha pra direita e espera o caminhão passar. Em seguida, as duas se arriscam e atravessam.

Poucos quilômetros à frente, mais um pedestre passa correndo às margens da pista. Em outro trecho, também na Raposo Tavares, flagramos um pedestre mexendo no celular às margens da rodovia.

Todas essas situações aumentam ainda mais o risco de atropelamento, de acordo com o tenente da PM Rodoviária José Carlos Lima Neto.

De acordo com o policial, muitos dos acidentes podem ser evitados se o pedestre e o motorista seguirem orientações de segurança. “se não tiver opção, os pedestres devem usar sempre o acostamento e no sentido contrário pra evitar acidentes”, afirma. Já para os motoristas, a orientação é de que sempre sinalize o local caso se envolve no acidente.

Na segunda-feira (8), em Pilar do Sul, um homem morreu atropelado na rodovia Francisco José Ayub. Segundo a polícia, o motorista do carro disse que a vítima apareceu no meio da pista e ele não conseguiu frear a tempo. O pedestre morreu no local.

Na mesma noite, um homem morreu atropelado na rodovia Raposo Tavares, em Angatuba. Segundo a polícia, o motorista fugiu do local sem prestar socorro.

Em maio, um homem de 66 anos morreu atropelado por um caminhão na rodovia Francisco Alves Negrão, em Itararé. O motorista contou à polícia que a vítima saiu de trás de uma placa de trânsito, por isso ele não conseguiu frear a tempo.

Em janeiro, dois atropelamentos foram registrados na rodovia Antonio Romano Schincariol, em Tatuí. No dia 25, um pedestre morreu depois de ser atingido por uma moto e no dia primeiro, um adolescente de 17 anos morreu atropelado por um carro.

Imagem: Reprodução/TV TEM

Com informações do G1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.