Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Hortolândia: Moradora da cidade vítima de tiroteio no Ceará que matou 14 viajou para visitar parentes

Francisca Edneide da Cruz Santos era um dos seis reféns que morreram na ação de quadrilha que tentou assaltar bancos em Milagres (CE). Ela era casada e tinha dois filhos. Corpo será enterrado em Porteiras (CE).

24

Moradora de Hortolândia (SP), Francisca Edneide da Cruz Santos está entre as 14 pessoas mortas no tiroteio da madrugada desta sexta (7) durante tentativa de assalto a duas agências bancárias em Milagres (CE). De acordo com amigos da família, ela viajou para a Região do Cariri do Ceará para visitar parentes e acabou sendo feita refém pela quadrilha.

(Atualização: A informação inicial era de que o tiroteio durante tentativa de assalto tinha provocado 12 mortes. No entanto, a Secretaria de Segurança do Estado do Ceará confirmou 14 óbitos. A informação foi atualizada às 20h40)

O corpo de Edneide, como é mais conhecida pelos amigos, está no Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro do Norte, e será levado para a cidade de Porteiras (CE), onde será velado e enterrado no domingo.

Edneide era casada e tinha dois filhos. Familiares viajam neste sábado (8) para o Ceará para participar do enterro.

Francisca Edneide da Cruz Santos era casada e tinha dois filhos — Foto: Reprodução/Facebook

Francisca Edneide da Cruz Santos era casada e tinha dois filhos — Foto: Reprodução/Facebook

Segundo informações de familiares, Edneide estava na companhia do pai e do irmão quando eles foram rendidos pelos criminosos na rodovia BR-116. Os dois, no entanto, acabaram liberados pelos criminosos depois que o pai dela começou a passar mal.

Edneide e mais cinco pessoas de uma mesma família foram feitos reféns pelos criminosos. Segundo informações da prefeitura de Milagres, a quadrilha estava fortemente armada quando foi surpreendida pela polícia antes de atacar duas agências bancárias da cidade. A ação aconteceu por volta das 2h15 da madrugada

Número de vítimas

Doze pessoas morreram no local do tiroteio, na Rua Presidente Vargas, no Centro de Milagres (CE). Duas pessoas baleadas estavam em hospitais das cidades de Barro e Brejo Santo. O Instituto Médico Legal de Juazeiro do Norte confirmou a morte dos dois às 18h40 desta sexta (7). A identidade dos dois não foi revelada e não se sabe se eles eram criminosos ou reféns.

Pela manhã, após a ocorrência, a Polícia Militar do Ceará confirmou que seis de 12 vítimas que morreram no local eram membros de duas famílias mantidas reféns pelo bando, entre elas, Edneide.

Morta no tiroteio em Milagres (CE), Francisca Edneide da Cruz Santos morava em Hortolândia — Foto: Reprodução/Facebook

Morta no tiroteio em Milagres (CE), Francisca Edneide da Cruz Santos morava em Hortolândia — Foto: Reprodução/Facebook.

Com informações do G1

Imagem: reprodução

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.