Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Hamilton comemora disputa com Verstappen: “Amo batalhas como essa”

2

Lewis Hamilton não deixou de lado seu espírito competitivo em Interlagos apesar de já ter se sagrado pentacampeão mundial na etapa passada, no México. Neste domingo, no GP do Brasil de Fórmula 1, o piloto da Mercedes perdeu a liderança para Max Verstappen e só foi recuperá-la na volta 44, graças a um acidente forçado por Esteban Ocon. Ainda assim, na reta final, o holandês encurtou a distância para o líder do campeonato e por muito pouco não cruzou a linha de chegada em primeiro. Justamente por conta do desfecho eletrizante, a grande estrela da F1 saiu bastante contente com a disputa.

“Eu sabia o quão era importante corresponder às expectativas pela equipe, vencer para garantir o campeonato de construtores para eles foi fantástico. Estou muito orgulhoso por fazer parte disso, não havia melhor maneira de fazer isso do que a corrida de hoje. A luta que tivemos hoje… amo batalhas como essas! Nas dez últimas voltas apenas tentava fugir dele, fiquei muito orgulhoso”, disse Hamilton, lembrando do título do mundial de construtores conquistado pela Mercedes neste domingo.

“Definitivamente não foi fácil, foi uma corrida muito difícil para nós. Sabíamos que começar a corrida com pneus supermacios iria dificultar, mas controlamos a liderança. Eu senti que estávamos perdendo tempo depois que trocamos o pneu, mas também sentia que poderia segurar o Max [Verstappen]. Colocar pneus médios não foi o problema, tivemos que administrar os pneus no final, mas quando vi Max vindo e tinha um ritmo melhor… eu estava com um grande problema no motor e comecei a perder muita potência a cada volta. Ele se aproximou bem, o que não foi fácil de lidar, mas sabia da importância de assegurar a vitória e garantir os pontos necessários para o time ser campeão”, prosseguiu.

Após cruzar a linha de chegada em primeiro, Lewis Hamilton não se conteve quando saiu do cockpit e foi diretamente em direção à sua equipe para comemorar o título do Mundial de Construtores. A euforia foi tanta que o piloto até derrubou um dos membros da Mercedes, embora todos já estejam acostumados a erguer troféus nos últimos anos.

“Quando vencemos, ficamos felizes, mas um tanto quanto controlados. Desta vez foi ótimo ver a energia, houve um esforço e tanto de todos. Nada é dado a nós, a gente tem sempre que continuar trabalhando. Foi o que fizemos. Mantivemos nossa esperança lá em cima, nossas metas lá em cima e tivemos um grande fim de ano. Estou muito feliz em contribuir com isso. A fábrica também fez um excelente trabalho esse ano. Juntos fizemos um trabalho incrível como equipe”, concluiu. Com informações da Gazeta Esportiva.

Imagem: reprodução/Djalma Vassão/Gazeta Press

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.