Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Guilherme Ifanger é campeão da seletiva para o Pan-americano 2019

Já são 25 os brasileiros classificados no tênis de mesa paralímpico para representar o país no Parapan.

16

De volta à seleção brasileira o atleta Guilherme Riggio Ifanger da equipe de Tênis de Mesa da Secretaria de Esportes/ADI, venceu a seletiva para o Pan-Americano de Lima 2019, realizado no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (CTPB), em São Paulo. Das 23 vagas em disputa na seletiva do tênis de mesa paralímpico, 18 estão definidas. Estreantes e veteranos integram o elenco que vai representar o Brasil no Parapan-Americanos de Lima, em 2019.

Já são 25 os brasileiros classificados no tênis de mesa paralímpico para representar o país no Parapan. Entre veteranos e estreantes no torneio, 18 atletas se juntaram aos outros sete pré-classificados na seletiva que ocorreu ontem (10), no CTPB.

Sete atletas já haviam conquistado a classificação antecipadamente. Cátia Oliveira (classe 2), vice-campeã mundial na Eslovênia; Francisco Wellington (classe 8), Claudio Massad (classe 10), Conrado Contessi (classe 1) e Ecildo Lopes (classe 4), os maiores pontuadores do ranking nacional adulto, em 2018; e, Millena França (classe 7) e Lucas Carvalho (classe 9), os dois maiores pontuadores no ranking nacional Sub-18 na temporada.

Na terça-feira (11), foram definidas as cinco vagas restantes na ‘mesa’. Para totalizar as 34 a que o Brasil tem direito no evento, levando em conta as 11 classes e as categorias masculino e feminino, haverá quatro postos definidos por índice técnico em 2019. No tênis de mesa paralímpico, as classes de 1 a 5 são destinadas para cadeirantes. As classes de 6 a 10 são para atletas que jogam em pé, e levam em conta o mesmo critério. Quanto menor o número da classe, maior a limitação de movimentos do atleta. A classe 11 é para atletas com deficiência intelectual.

Indo para sua quarta participação em Parapan-Americanos, o mesatenista indaiatubano já é considerado experiente no torneio. Com três ouros (por equipe) e três bronzes (individual) na bagagem, em 2009, 2011 e 2013, disputando na classe 9 masculino, o atleta comentou sua nova classificação. “Lutei muito por essa vaga. Agora meu objetivo é ganhar o ouro no Parapan e, consequentemente a vaga na Paralimpíadas em Tóquio 2020. Sinto que eu posso, estou indo confiante. Vou continuar treinando muito todos os dias”, disse Ifanger. Com informações da prfeitura de indaiatuba

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.