Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Frota de carros elétricos cresce e amplia demanda por eletropostos

Conforme regras definidas recentemente pela Aneel, qualquer empresa, do setor elétrico ou não, pode investir em eletropostos..

21

O Brasil precisa de 80 mil eletropostos até 2030 para suportar o crescimento do mercado de veículos elétricos. A estimativa é de um estudo da CPFL, que prevê a circulação de 2 milhões de carros desse tipo daqui a 12 anos.

Na conclusão da empresa, o País precisa ampliar a rede pública de locais de recarga semi-rápida e rápida. O gerente de Inovação da CPFL Energia, Renato Povia, explica a importância dos postos fora de casa, ou do trabalho.

Quem já utiliza o transporte elétrico reconhece que ainda faltam opções para garantir o conforto do usuário. Leonardo Coelho, por exemplo, possui uma bicicleta, uma moto e um carro recarregáveis. Ele enumera os benefícios.

Por outro lado, fala nos altos custos iniciais, mesmo que o uso da energia seja mais barato, e recomenda fazer as contas. Na opinião dele, atualmente quem faz viagens curtas, ou se restringe a deslocamentos urbanos pode ver vantagem.

O projeto que analisou o impacto da mobilidade elétrica foi conduzido por cinco anos pela CPFL na região de Campinas. Foram instalados 25 eletropostos. Oito deles em locais públicos de Campinas e dois nas rodovias Anhanguera e Bandeirantes.

A análise levou em conta a necessidade de expansão da rede elétrica, questões legais e ainda possíveis cobranças. Apesar de calcular que o custo seja 2/3 menor do que o etanol ou a gasolina, não há definição específica sobre tarifas.

Conforme regras definidas recentemente pela Aneel, qualquer empresa, do setor elétrico ou não, pode investir em eletropostos. A decisão foi vista como positiva pelo setor privado, já que elimina incertezas regulatórias e incentiva investimentos futuros. Com informações da CBN.

Imagem:reprodução

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.