Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Ex-prefeito de Estância Velha se mata após confessar assassinato de mulher, diz polícia

Vítima, conforme informações da Brigada Militar, teria um relacionamento com Elivir Desiam, que foi prefeito de Estância Velha e concorreu à Assembleia Legislativa em 2018, sem se eleger. Ele confessou o crime em ligação à ex-esposa, conforme a polícia.

47

A Polícia Civil investiga as mortes do ex-prefeito de Estância Velha Elivir Desiam, 57 anos, conhecido com Toco, e da funcionária pública Lúcia Bialoso Valença, 35 anos. O corpo dele foi encontrado na beira-mar de Imbé, Litoral Norte, próximo da Avenida Santa Rosa, no Centro da cidade, por volta das 22h30 de sexta-feira (28).

Segundo a polícia, o ex-prefeito e candidato a deputado se matou após confessar o assassinato de Lúcia, em Estância Velha, na Região Metropolitana de Porto Alegre, durante ligação para a ex-esposa. Após receber a ligação de Elivir, a mulher avisou a Brigada Militar de Tramandaí, cidade vizinha a Imbé, que localizou o corpo de Desiam durante buscas. Ele teria morrido por afogamento.

Na manhã deste sábado (29), a polícia de Estância Velha encontrou o corpo da mulher, morta aparentemente por esganadura, na cozinha da casa em que morava. Lúcia teria um relacionamento com Elvir, segundo a polícia. R$ 3 mil reais foram encontrados sobre o corpo da vítima, que estava na cozinha da casa onde morava.

A Prefeitura emitiu nota lamentando as mortes. Desiam foi prefeito de Estância Velha e concorreu à deputado estadual pelo PTB nas últimas eleições, sem se eleger. Leia abaixo. 

Luto:

A Prefeitura Municipal de Estância Velha vem através desta Nota Oficial declarar seu pesar pela perda da funcionária pública Lúcia Bialoso Valença e de nosso Ex Prefeito municipal Elivir Desian, ocorridas nas últimas horas.

Nossos sentimentos aos familiares.

Com informações do G1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.