Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Empate por 0 a 0 com a Itália classifica Portugal na Liga das Nações

3

Em Milão, Itália e Portugal duelaram, neste sábado, pela quinta rodada do Grupo 3 da Liga A, pela Liga das Nações. Melhor para os portugueses, que com o empate por 0 a 0 no confronto, garantiram a classificação para a próxima fase do torneio internacional. Com o resultado, os comandados de Fernando Santos alcançaram a marca de sete pontos, enquanto os italianos ficaram com cinco, sem chances de avanço.

Antes da bola rolar, os portugueses precisavam de somente um empate, que veio, para garantirem a primeira colocação da chave e, consequentemente, um lugar nas semifinais da nova competição europeia. Para a Itália, só a vitória neste sábado e um triunfo da Polônia na próxima terça-feira interessavam.

Os já rebaixados poloneses, aliás, enfrentarão a seleção de Portugal às 17h45 (horário de Brasília), no Estádio D. Afonso Henriques, pela última partida do Grupo 3 da disputa.

O jogo – A Itália foi só pressão no primeiro tempo de jogo. Logo aos dois minutos de partida, Insigne arriscou de fora da área e mandou uma bomba, obrigando o goleiro português Rui Patrício a fazer uma grande defesa e evitar o tento inaugural.

Durante toda a etapa inicial, Portugal só assistia às finalizações italianas, sem ameaçar. Enquanto isso, os mandantes chegaram com perigo com Florenzi, Chiesa e Bonucci, mas não conseguiram balançar o fundo das redes de Rui Patrício.

No segundo tempo, o embate ficou mais “pegado”. Aos três minutos, Barella arrancou pela lateral e cruzou na medida para Chiesa. O atacante da Fiorentina encheu o pé em direção ao gol, mas a bola foi bloqueada pela zaga portuguesa.

Após a entrada de João Mário e a saída de Pizzi, a seleção comandada por Fernando Santos passou a assustar mais. Aos 24, Mário Rui arriscou de longe e a bola passou à esquerda de Donnarumma; quatro minutos depois, João Mário aproveitou assistência de Cancelo e finalizou, mas a bola passou por cima; por fim, aos 30, William Carvalho não desperdiçou rebote e bateu firme, mas o jovem arqueiro italiano, em uma grande defesa, evitou o 1 a 0 rival no marcador.

A inversão do cenário, com Portugal atacando e a Itália sobrevivendo, cessou pouco depois. Os comandados de Roberto Mancini aumentaram o nível de performance, igualaram o jogo e diminuíram a pressão rival até o apito final do juiz. Com informações da Gazeta Esportiva.

Imagem: reprodução/AFP

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.