Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Em noite de “splash”, Warriors dominam e forçam jogo 7 em Houston

4

O próximo duelo será na segunda-feira, às 22h (de Brasília), no Toyota Center, já que o Houston teve melhor campanha na temporada regular. Além dos 35 pontos de Thompson (9 bolas de três certas em 14 tentadas), brilharam pelo Golden State Curry (29 pontos), Durant (23 pontos) e Draymond Green (4 pontos, 10 rebotes, 9 assistências, 4 roubos de bola e 5 tocos). Harden, com um primeiro tempo fenomenal, fechou com 32 pontos na conta.

O primeiro quarto da partida teve um ator principal: James Harden. Posicionado como principal armador da equipe, o Barba fez com que Chris Paul nem sequer fosse lembrado nos primeiros 12 minutos, anotando 15 pontos e liderando uma parcial de 39 a 22 para os visitantes, com muita intensidade.

O segundo começou com uma reação rápida dos donos da casa, aproveitando-se da melhora no aproveitamento da linha de três pontos de Stephen Curry e Klay Thompson. O próprio Harden e o ala Eric Gordon, no entanto, conseguiram manter a vantagem dos forasteiros para o intervalo. 61 a 51 Rockets e grande perigo de fim da dinastia do time de Oakland.

A margem, no entanto, acabou pulverizada pelos anfitriões em menos de três minutos no terceiro quarto. Ajudado por algumas faltas não marcadas pela arbitragem, principalmente em dois lances de Draymond Green, os Warriors abriram 11 a 0 logo de cara, transformando a Oracle Arena em um caldeirão que pouco havia aparecido antes.

O bom desempenho foi equilibrado pelo time de Houston quando Harden, que descansara rapidamente, voltou para a quadra. A vantagem, porém, só cresceu à medida em que Thompson conseguia aproveitar o corta-luz dos seus companheiros e despejava bolas de três de onde queria.

Quando parecia que Houston se abriria em busca da reação, Golden State aproveitou a maior rotação dos seus atletas, chegou mais inteiro fisicamente e viu Harden, visivelmente cansado, cometer muitos erros. Quando o placar mostrava 99 a 79, o Barba foi descansar e o jogo seguiu apenas por protocolo até os minutos finais. Com informações da Gazeta Esportiva

Imagem de capa:Klay Thompson mostrou a precisão de sempre na hora da decisão (Foto: Noah Graham/NBAE/Getty Images/AFP)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.