Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Eduardo Bolsonaro sobre ex-assessor: ‘O que ocorreu ali ninguém sabe’

Deputado federal ainda defendeu independência do Coaf na investigação

26

deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) disse ao blog da Andréia Sadi que “ninguém sabe” o que realmente aconteceu no caso do ex-assessor de seu irmão, Flávio, citado em um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) por movimentações financeiras de mais de R$ 1,2 milhão consideradas suspeitas.

Eduardo falou sobre o caso neste sábado (8) durante entrevista coletiva na Cúpula Conservadora das Américas, organizado por ele mesmo em Foz do Iguaçu (PR), e defendeu independência do Coaf na investigação.

+ Bolsonaro sobre briga no PSL: ‘Fica difícil aprovar o que interessa’

“O que ocorreu ali ninguém sabe, nem o Coaf sabe. Ocorreu uma movimentação suspeita que está sendo investigada. A gente tem que trabalhar é para não permitir interferência na investigação. Fora isso, o que que eu vou falar? Ninguém sabe. Você sabe de onde é que veio esse dinheiro? Você já viu alguma alegação do Queiroz?”, afirmou Eduardo Bolsonaro.

Questionado sobre se as transferências poderiam configurar “devolução de salário”, Eduardo disse que muitas vezes a relação de trabalho e amizade se mistura no gabinete e que ocorrem casos de empréstimo de dinheiro.

“A relação no gabinete conosco é a melhor possível, as vezes até se mistura o trabalho com a amizade. Então, por vezes, ocorre de emprestar dinheiro, por exemplo, um assessor meu uma vez me ajudou a arranjar um cliente para comprar o meu carro, isso acaba se misturando”, respondeu ao blog do G1. Com informações do Notícias Ao Minuto.

Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.