Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

De virada, Isner vence Zverev e fatura primeiro Masters 1000 da carreira

3

No duelo de gerações na final do Masters 1000 de Miami, John Isner levou a melhor e levantou o troféu. Jogando em casa, o norte americano venceu Alexander Zverev, de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (4-7), 6/4 e 6/4, após 2h32 de confronto.

Aos 32 anos, Isner conquista seu primeiro Masters 1000 da carreira e seu 13º título. O norte-americano havia perdido os três confrontos anteriores contra o jovem alemão de 20 anos, que tentava seu terceiro título de Masters. Com o resultado, Isner sobe oito posições e aparecerá na nona colocação do ranking mundial a partir desta segunda-feira, enquanto Zverev desbanca Grigor Dimitrov e assume a quarta posição.

Com uma hora de duração, o primeiro set foi bastante equilibrado do início ao fim. A torcida em Crandon Park viu um Zverev mais cauteloso em contrapartida a um Isner mais agressivo, levando vantagem nas bolas vencedoras. O primeiro set começou com ambos os tenistas pressionando o adversário, mas sem conseguir a quebra. Do meio para o fim da parcial, o jogo esfriou um pouco e sem mais chances de break, se encaminhou para o tie-break.

No desempate, cinco mini breaks, três a favor do alemão. O primeiro a ceder a quebra foi o atleta da casa no quinto ponto e apesar de devolver a quebra e conseguir dois break em sequência, cedeu outros dois pontos e viu Zverev marcar 5 a 4, com a vantagem dos dois próximos saque. O jovem de 20 anos não desperdiçou o set point e fechou a primeira parcial.

No segundo set, nada de pressão para nenhum dos dois lados. Ambos os tenistas confirmavam seus serviços com tranquilidade até que no nono game, Isner teve a primeira chance de quebra da parcial e não desperdiçou. Sacando para o set e para empatar a partida, o norte americano ainda precisou salvar dois break points, e depois de deixar escapar o primeiro set point, não desperdiçou o segundo e fechou a parcial em 45 minutos, deixando tudo igual em Miami.

No terceiro e decisivo set, Zverev conseguir se safar de 0-40 e um quarto break-point no quinto game, mas acabou cedendo à pressão no nono e, muito nervoso, até destruiu a raquete. Sacando para o título, sem dificuldade nenhuma, Isner marcou seu 18º ace, que decretou a vitória e o título. Com informações da Gazeta Esportiva.

Imagem de capa;Michael Reaves/Getty Images/AFP

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.