Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Campinas: Em dez meses, número de mortes por atropelamento aumenta 29%

Entre janeiro e outubro foram 31 óbitos, contra 24 casos no mesmo período do ano passado, segundo Infosiga. Na quinta (6), pai e filho foram atropelados no corredor de ônibus da Amoreiras - menino de 2 anos morreu na hora.

21

A morte de uma criança de dois anos atropelada por um ônibusna noite de quinta-feira (6), em Campinas (SP), faz parte de uma estatística preocupante. De acordo com relatório do Sistema de Informações de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga-SP), o número de óbitos por atropelamentos na cidade aumentou 29% neste ano.

Entre janeiro e outubro de 2018, 31 pessoas morreram em Campinas vítimas de atropelamento, contra 24 óbitos registrado no mesmo período do ano anterior.

De acordo com o Infosiga, 48% das vítimas morreram na hora, ou seja, nem chegaram a ser socorridas para o hospital. A maioria das vítimas são homens (77%) e 54% dos casos foram registrados no período da noite, entre 18h e meia-noite.

Criança morreu na hora depois de ser atropelada por ônibus em Campinas (SP) na noite desta quinta-feira (6) — Foto: Fernando Evans/G1

Criança morreu na hora depois de ser atropelada por ônibus em Campinas (SP) na noite desta quinta-feira (6) — Foto: Fernando Evans/G1

Problema recorrente

Na noite de quinta-feira (6), pai e filho foram atropelados por um ônibus da linha 213 no corredor de ônibus da Av. das Amoreiras, no cruzamento com a Rua Dr. Las Casas dos Santos. Segundo testemunhas, o homem estaria destraído, falando ao celular, e teria olhado para o lado contrário do sentido que seguia o veículo ao atravessar a via. Ele foi socorrido e está internado em estado grave no Hospital Dr. Mário Gatti.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.