Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

Atirador deixa várias vítimas em competição de videogame na Flórida, diz polícia dos EUA

5

Várias pessoas foram mortas por um atirador em um complexo de entretenimento em Jacksonville, no Estado da Flórida, nos Estados Unidos, segundo a polícia.

Muitas outras pessoas teriam ficado feridas, e foi pedido que ninguém vá para o local. Um suspeito está morto.

A mídia local informou que ao menos quatro pessoas morreram e outras 11 ficaram feridas. A polícia não confirmou o número exato de vítimas e feridos, mas deve fazer um pronunciamento oficial à imprensa às 19h do horário de Brasília.

Relatos dão conta de que o incidente ocorreu durante uma competição de videogame realizada em um restaurante no Jacksonville Landing, um grande centro comercial localizado no centro da cidade.

Jacksonville LandingDireito de imagemJACKSONVILLE LANDING
Image captionHá muitas lojas e restaurantes no local, que fica no centro da cidade

Os participantes jogavam o game Madden, de futebol americano, na ocasião. Diversos tiros podem ser ouvidos em um vídeo que seria de uma transmissão online ao vivo do evento.

Segundo o jornal americano Los Angeles Times, um dos jogadores atirou após perder e depois se matou. Essas informações publicadas com base em mensagens de redes sociais não puderam ser confirmadas até o momento.

Drini Gjoka, um jogador de 19 anos, descreveu o incidente em uma série de postagens no Twitter e disse que se tratava do “pior dia de sua vida”. “Tenho muita sorte. Uma bala atingiu meu dedão”, ele publicou.

Restaurante no Jacksonville LandingDireito de imagemGLHF GAME BAR
Image captionTiroteio ocorreu durante uma competição de videogame realizado em um restaurante do complexo

A polícia local informou que equipes da Swat estão vasculhando a área em busca de outros possíveis suspeitos.

Pelo Twitter, a polícia disse que “muitas pessoas ainda estariam escondidas” em pontos do complexo e pediu que elas fiquem calmas.

Ocorreram na Flórida diversos incidentes do tipo nos últimos anos, entre eles o ataque à boate Pulse, em Orlando, em 2016, e outro à escola Marjory Stoneman Douglas, em fevereiro passado. Com informações da BBC

Imagem de capa: AFP

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.