Z1 Portal de Notícias
Site de notícias de indaiatuba e região.

1ª parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas vai injetar R$ 443,4 milhões na RMC

6

A primeira parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas vai representar uma injeção de R$ 443,4 milhões na economia da região de Campinas, de acordo com a Associação Comercial e Industrial (Acic) da cidade. Os pagamentos devem ocorrer entre 27 de agosto e 10 de setembro.

Só na metrópole, o valor recebido pelos beneficiários será de R$ 200 milhões, montante que representa 14,85% do volume de vendas no comércio do município em um mês. No caso da Região Metropolitana de Campinas (RMC), o montante representa 15,10%, informou a Associação.

Economista da Acic, Laerte Martins afirma que o uso do dinheiro este ano será mais voltado para o consumo do que em 2017.

“Os aposentados não têm, teoricamente, muita inadimplência. Como o poder de compra está baixo, vai fazer com que esse dinheiro vai ser dirigido mais para o consumo, que ficou defasado, principalmente depois da crise”, afirma Martins.

Uso do dinheiro em Campinas

Campinas terá em 2018, segundo o economista, cerca de R$ 120 milhões dos recursos dos aposentados e pensionistas voltados para gastos com o consumo e aproximadamente R$ 70 milhões para contas inadimplentes. O equivalente a:

  • 60% para consumo
  • 35% para inadimplência
  • 5% para poupança
Pagamento do 13º a aposentados e pensionistas vai injetar R$ 443,4 milhões na economia da região de Campinas. (Foto: Reprodução/EPTV)

Pagamento do 13º a aposentados e pensionistas vai injetar R$ 443,4 milhões na economia da região de Campinas. (Foto: Reprodução/EPTV)

Uso na RMC

Na RMC serão R$ 240 milhões para consumo e R$ 170 milhões, no máximo, para solucionar questões de inadimplência, explica Laerte Martins.

  • 54,1% para consumo
  • 38,3% para inadimplência
  • 7,5% para poupança

Em 2017, o dinheiro foi usado pelos campineiros e pelos moradores da Região Metropolitana de Campinas (RMC) com menos ênfase no consumo:

  • 51% para consumo
  • 42% para inadimplência
  • 7% para poupança

O adiantamento do 13º salário não é pago com desconto de Imposto de Renda. Somente na segunda, e última, parcela, que será paga em novembro, há a cobrança do imposto. Com informações do G1

Imagem d ecapa: reprodução

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.