Indaiatuba

Vereador Pepo é afastado do cargo por decisão da Justiça

Redação
Escrito por: Redação

O juiz Sérgio Fernandes, da 2ª Vara Cível de Indaiatuba, aceitou um pedido do Ministério Público e assinou uma liminar para afastar o vereador Jorge Luis Lepinsk, o Pepo, do PMDB. Pepo é réu de uma ação civil pública para investigar suspeitas de enriquecimento ilícito e dano ao erário, ou seja, prejuízo aos cofres públicos.

Os detalhes das suspeitas contra Pepo não foram divulgados porque o caso corre em segredo de justiça. Para determinar o afastamento, o juiz Sérgio Fernandes utilizou como base a lei que trata de improbidade administrativa. As supostas irregularidades teriam sido cometidas enquanto Pepo atuava como assessor da Secretaria de Habitação. Ele vai ter 15 dias para apresentar sua defesa e pode recorrer da liminar.

Depois que a Câmara Municipal for notificada sobre o afastamento, a vaga de Pepo no Legislativo vai passar a ser ocupada pelo suplente Luiz Carlos da Silva, o Professor Luiz Carlos, também do PMDB.

Nós procuramos o vereador afastado pra que ele pudesse falar sobre o caso, mas não conseguimos localizá-lo. Em uma postagem em uma rede social na manhã desta quarta-feira (18), ele afirmou sua inocência ao dizer que vai “correr atrás para provar o que não tem sentido” e que “quem não deve, não teme”. Disse ainda que está “muito bem e se sentindo muito forte”.

Enquanto estiver afastado do cargo, Pepo não deve receber o salário, que hoje é de R$ 7.722,37. Até o fechamento desta edição, a Câmara Municipal ainda não havia sido notificada da decisão da Justiça. Com informações da TV Sol Comunidade.

Imagem de capa: Reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: