Indaiatuba

Vazão aumenta nas bacias PCJ, mas consórcio afirma ser medida preventiva

Redação
Escrito por: Redação

Os rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, que abastecem cidades da região de Campinas, tiveram um aumento no fluxo de água do Sistema Cantareira. A vazão passou para 12 mil litros por segundo. É o nível mais alto nessas bacias desde junho. Mesmo assim, o aumento no abastecimento não significa que haja risco de racionamento. O coordenador da Câmara Técnica de Monitoramento Hidrológico dos Comitês das bacias PCJ, Alexandre Vilela, explica que a medida é preventiva por causa do aumento do consumo de água nesta época do ano.

Segundo outorga do Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo e da Agência Nacional das Águas, a vazão máxima permitida do Sistema Cantareira é de 10 mil litros de água por segundo. Mas o coordenador dos Comitês das Bacias PCJ afirma que a determinação é flexibilizada de acordo com a necessidade de abastecimento.

O período de vazão de 12 mil litros de água por segundo deve se estender até novembro, mas não há prazo definido para a diminuição deste nível. Apesar de descartar desabastecimento, os comitês das bacias PCJ recomendam que a população economize água para evitar qualquer risco. Com informações da CBN

Imagem de capa: Reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: