Esportes em Geral

Título do Mundial de Surfe de 2017 pode ser decidido já em Portugal

Redação
Escrito por: Redação

Após a vitória de Gabriel Medina no Quiksilver Pro France, antes da etapa de nº 10 do Mundial de Surfe da WSL, o MEO Rip Curl Pro Portugal, oito surfistas ainda podem brigar pelo título mundial de 2017: John John Florence, Jordy Smith, Gabriel Medina, Owen Wright, Matt Wilkinson, Julian Wilson, Adriano de Souza e Filipe Toledo.

Dos oito surfistas listados, apenas o atual campeão mundial John John Florence pode conquistar o título já em Peniche, Portugal. Mas Jordy Smith e Gabriel Medina são ameaças ao bi de John John. Smith, o segundo colocado, tem um excelente histórico em supertubos, comuns em Portugal. Já o brasileiro, surpreendentemente, não tem um histórico notável no evento do principal patrocinador, mas possui um desempenho espetacular no geral e pode surpreender.

+ São Paulo se prepara para oficializar proposta por Kaká, confirma Leco

Se Florence vencer a etapa portuguesa, assim como ele fez no ano passado, ele só fica com o título mundial caso Smith termine acima da 6º colocação na classificação final. Se isso acontecer, a decisão vai para o Billabong Pipe Masters.

John John, que é havaiano, nunca venceu um CT em Pipe, sua terra. Ao contrário de Medina.

Indo ainda mais além: se John John ficar com o vice em Portugal, Smith precisa, pelo menos, entrar no 5º round e conseguir num nono lugar. Medina, Wright e Wilkinson teriam que vencer em Portugal para permanecer na briga pelo título. Extrapolando ainda mais, se Florence ficar com o terceiro lugar, a caça ao título vai ao Havaí, mesmo que Smith não possa sair do segundo round.

No final, não importa para quem você esteja torcendo, as coisas vão ficar nervosas em Portugal. O MEO Rip Curl Pro Portugal começa no próximo dia 20 de outubro e vai até o dia 31. Com informações da WSL. Com informações da Gazeta Esportiva.

Imagem de capa: Getty Images

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: