Decor

Telhado verde é projeto acessível e prioriza o uso dos recursos naturais

Redação
Escrito por: Redação

O telhado verde pode até parecer um projeto bem distante, algo que envolva um profissional de alto investimento e uma arquitetura especial do imóvel. Mas não é bem assim que funciona. É possível sim construir o chamado ecotelhado e ter acesso aos benefícios de uma construção verde, pensada para um melhor aproveitamento do ciclo da própria natureza, como Sol e chuva.

O telhado verde não é bem uma novidade, mas podemos dizer que ele ganha cada vez mais espaço nas construções novas e mais modernas aqui no Brasil. Aliás, sobre isso, ainda há muito o que se avançar em atitudes mais ecológicas, que respeitam o meio ambiente e aproveitam os próprios recursos sem alterar a ordem natural.

Lá fora, em países como nos Estados Unidos e  Singapura, a construção verde já é uma realidade e muitas empresas e profissionais daqui buscam tecnologias para inovar em projetos residenciais e comerciais.

Vamos então entender melhor os detalhes deste tipo de construção verde e os benefícios que o projeto traz ao imóvel.

Como funciona o telhado verde?

O telhado verde é constituído basicamente de 7 camadas diferentes parar compor sua estrutura. Cada fase possui uma função e resulta na sinergia da captação da água da chuva e do calor do Sol no sistema como um todo, mantendo assim a vida da terra e das plantas.

O projeto usa como base o próprio telhado, ou lajota, para aplicar as próximas camadas. Para começar, uma membrana à prova d’água é colocada para que toda a região do teto fique protegida contra a umidade. No passo seguinte é aplicada uma barreira contra as raízes das plantas, que naturalmente crescem.

Acima da placa contensora, é a vez da camada do sistema de drenagem da água. Em cima dela, o tecido permeável permite a colocação da terra, que vai absorver a água da chuva que cai na primeira camada, a da planta ou grama. Falando assim até parece fácil, mas cada detalhe é planejado para se ter um resultado eficiente e bonito.

O engenheiro agrônomo João Manuel Linck Feijó, da Ecotelhado, aponta ainda uma outra vantagem do telhado verde. “Desenvolvemos um sistema semi hidropônico de telhados verdes, que facilitam o desmonte no caso de necessidade, gerando vantagem significativa. Funciona como uma lâmina de água que recolhe e armazena água da chuva para usar como irrigação no tempo seco. O sistema pode também absorver água cinza, reutilizando-a”, explica o profissional.

Manutenção e cuidados

FOTO: REPRODUÇÃO / ECOTELHADO

Pode-se dizer que a manutenção não demanda tanto tempo como em um telhado convencional. Além da manutenção em si, que é fundamental para proteger a parte interna da casa, o telhado comum precisa ser limpo e até trocado de tempo em tempo. No caso do ecotelhado, a manutenção é bem mais simples.

O projeto do telhado verde envolve o cuidado com as plantas, já que com Sol e chuva elas devem crescer. Fora isso, os outros materiais não estão expostos diretamente ao clima, e foram produzidos para ter uma durabilidade maior. Independentemente disso, o local onde será construído o ecotelhado deve ter fácil acesso.

Como deve ser feita a instalação

FOTO: REPRODUÇÃO / ECOTELHADO

O interessado em ter um telhado verde precisa de dois passos extremamente importantes para que todo o procedimento seja um sucesso. O primeiro é buscar um arquiteto que realmente conheça a estrutura do ecotelhado, que saiba sobre seu funcionamento e quais as condições básicas para que ele possa ser instalado.

Feijó lembra que todo telhado pode ser transformado em verde, mas não é todo arquiteto que tem capacidade de avaliar os benefícios ou vantagens deste tipo de projeto. “Muitas nuances da construção sustentável não fazem parte integrante do curso formal de arquitetura. O profissional normalmente sai da escola com uma visão muito limitada, pois a regulamentação arcaica e linear constitui o plano diretor das cidades. Entretanto, os malefícios da poluição dos mananciais de água e ar exigem a quebra de paradigmas”, afirma.

No segundo momento, o projeto do telhado verde se torna real ao escolher a empresa certa para comprar os produtos e realizar a instalação. Nesse passo prático é fundamental a parceria entre os profissionais para que o projeto saia como planejado e transforme a parte superior do imóvel numa área totalmente verde.

Todo imóvel pode ter um telhado verde?

FOTO: REPRODUÇÃO / ECOTELHADO

Depende apenas de detalhes. Existem alguns pontos que devem ser observados para que o projeto seja implantado de forma eficiente. “É preciso analisar a resistência da estrutura do telhado ou da laje em questão, bem como a impermeabilização com membrana resistente a raízes e ao trânsito, a garantia de reserva de água para as plantas e o acesso fácil ao local”, explica Feijó.

Projetos que utilizam telhado verde

Agora que você já sabe como funciona um ecotelhado, confira mais dicas desse tipo de telhado e veja como a adição desse toque verde deixa a arquitetura ainda mais encantadora:

1. Ecotelhado também é sinônimo de lazer

FOTO: REPRODUÇÃO / BASICHES ARQUITETOS ASSOCIADOS

O telhado verde normalmente é alinhado com o lazer, o projeto atende não só uma questão ambiental. De acordo com Feijó, a arquitetura sustentável brinca, joga e interage com as necessidades humanas e a ecologia local.

2. O investimento para ter o telhado verde

FOTO: REPRODUÇÃO / H+F ARQUITETOS

O projeto sustentável é mais barato e útil a médio ou longo prazo, por fazer a síntese de diversas gestões como águas, energia, resíduos, alimentação ou até atmosférica. Na hora de construir o projeto, certamente haverá um custo, e esse preço será compensado exatamente pelo retorno de se utilizar o próprio sistema da natureza. Em termos de investimento, pode ocorrer uma variação a partir dos detalhes de cada projeto e, por isso, não é possível definir um valor exato da obra.

3. Os benefícios do ecotelhado

FOTO: REPRODUÇÃO / ARTHUR CASAS

Vamos conhecer todos os benefícios do telhado verde, mas antes o próprio engenheiro reforça o sistema de vantagens do projeto. “Ao invés de gastar energia para retirar calor de um prédio, evitamos que o calor se acumule no entorno. Ao invés de pintar, temos a renovação espontânea de folhas, entre outros benefícios que equilibram a relação do ser humano com a natureza”.

4. Retenção da água da chuva

FOTO: REPRODUÇÃO / MPG ARQUITETURA

O sistema sustentável inclui a retenção da água chuva, que além de regar as plantas na primeira camada, pode ser usada para outros fins. Só aqui já há uma economia interessante a se considerar para um imóvel comercial, por exemplo.

5. Conforto térmico e acústico

FOTO: REPRODUÇÃO / UNA ARQUITETOS

O ecotelhado, algumas vezes usados em paredes externas, ajuda a diminuir o barulho externo. As camadas criam uma proteção e evitam que o som de maneira geral invada o ambiente. Essa vantagem é boa para todos os tipos de imóveis.

6. Diminuição da temperatura interna

FOTO: REPRODUÇÃO / UNA ARQUITETURA

Um dos objetivos do telhado verde é justamente auxiliar no refrescamento do imóvel, diminuindo assim a sensação de calor no ambiente, sem contar que isso ajuda também a economizar energia com o ar condicionado.

7. Diminuição da temperatura externa

FOTO: REPRODUÇÃO / AR ARQUITETURA

Assim como o verde ajuda a eliminar a poluição, eles também ajudam a refrescar o ambiente. Quanto mais plantas e árvores, mais ar fresco e, em alguns casos, como serras e montanhas, até frio.

8. Reduz a poluição

FOTO: REPRODUÇÃO / AR ARQUITETURA

Mais verde, menos poluição. Essa equação é simples e muitas regiões metropolitanas sofrem com o forte calor, a quentura do asfalto e a emissão do gás carbônico. A soma desses fatores, com a ausência do verde, piora a qualidade do ar. Do contrário, com mais árvores e mais plantas, o ar se torna mais limpo, ideal para respiração.

9. Promove a convivência com a natureza

Em muitos projetos o telhado verde se tornou uma espécie de área de lazer. Nesses casos, ou até mesmo em imóveis onde só há espaço para manutenção, o ecotelhado promove esse contato, torna as paisagens mais bonitas e esverdeadas, além de inspirar o cotidiano meio cinza nos grandes centros urbanos.

10. Traz beleza para o cinza do concreto

FOTO: REPRODUÇÃO / ARCHIBLOX

Dezenas de lugares ganham outra cara a partir do ecotelhado. O que antes era cinza ganha um verde vasto, bonito. Muitos projetos causam uma mudança visível na paisagem da região onde está o imóvel.

11. Novo ou adaptado?

FOTO: REPRODUÇÃO / IR ARQUITECTURA

Será que vale a pena projetar o telhado verde em um imóvel novo ou adaptá-lo em um imóvel mais antigo? Feijó explica que a grande sacada do projeto é justamente “considerar os recursos existentes e aproveitá-los sempre que forem vantajosos. É fácil para o arquiteto que percebe estas relações e as quantifica. Daí a importância de profissionais informado e com visão ampliada em gestões integradas”.

12. Plantas ideais para o telhado verde

FOTO: REPRODUÇÃO / JOHNSEN SCHMALING ARCHITECTS

Alguns fatores são considerados importantes na hora de escolher quais as espécies de plantas serão utilizadas no projeto. É preciso escolher as plantas que atenderão as necessidades do local e se adaptarão a região do imóvel.

13.  Bem-estar para o os moradores

FOTO: REPRODUÇÃO / JOHNSEN SCHMALING ARCHITECTS

O verde significa bem-estar. Agora, imagina ter um imóvel com um espaço verde, sendo possível até visitar o ambiente externo em alguns casos, e aproveitar um dia de descanso numa laje toda coberta pela natureza?

14. Ecoparede

FOTO: REPRODUÇÃO / ECOTELHADO

Além do ecotelhado, há também o projeto da ecoparede. A ideia da parede com plantas é basicamente a mesma do telhado verde, mudando mesmo apenas a região do imóvel onde se está instalando o sistema.

15. Plantas de baixa manutenção

FOTO: REPRODUÇÃO / ES ARQUITETURA

No momento de escolher as plantas, o especialista considera dois pontos importantes: a baixa manutenção, quando não precisa ficar cuidando diariamente, e as espécies da região que podem ser colocadas no jardim numa profundidade baixa, como em lajes com apenas 7 centímetros. Com informações do Tua Casa.

Imagem de capa:: REPRODUÇÃO / ECOTELHADO

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: