Futebol Brasil

Sport demite Vanderlei Luxemburgo após derrota na Sul-Americana

Redação
Escrito por: Redação

Vanderlei Luxemburgo não é mais técnico do Sport Recife. Daniel Paulista assume a vaga interinamente. O veterano treinador acabou demitido pelo clube logo após a derrota do Leão em plena Ilha do Retiro para o Junior Barranquilla, no confronto de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. A decisão foi tomada ainda no vestiário. Por isso, todos foram pegos de surpresa quando Luxemburgo chegou para a tradicional entrevista coletiva após os jogos e, aos invés de falar sobre o revés dessa quinta, acabou fazendo apenas revelando sua demissão por meio de um pronunciamento.

“Queria agradecer da forma que fui recebido por vocês da imprensa. Infelizmente o futebol é assim, tudo fica por culpa do técnico. Eles entenderam que era melhor que eu saísse. Aconteceu uma coisa que iria acontecer há três meses. Eu falei para Gustavo (Dubeux, vice-presidente de futebol do Sport) que quando acontecesse, ele me demitiria. Eu sabia que o Gustavo ia me mandar embora. Agora o motivo é com ele”, disse o treinador, claramente contrariado, antes de deixar a sala para que Gustavo Dubeux, também sem abrir questões aos jornalistas, falasse em nome do clube.

Queria aqui agradecer o trabalho do Vanderlei, excelente profissional, dificilmente você tem uma pessoa tão dedicada como ele se dedicou aqui. Abraçou a causa do clube. O que representa o clube para todos nós ele se encaixou perfeitamente. Agora, infelizmente, nós tivemos uma retrospectiva no segundo turno (do Campeonato Brasileiro) que deixou muito a desejar, e essa posição (de demitir o técnico) não foi em relação a esse jogo. O Junior Barranquilla quero parabenizar, time muito bom, o melhor da competição, deverá ser campeão. Dos times que vieram aqui, o mais bem treinado, qualificado”, elogiou Dubeux, preocupado mesmo é com a situação do time do nacional por pontos corridos.

“Nós precisamos ter um foco no Brasileiro, esse é o campeonato que dá sustentação financeira ao clube, o mais importante. Lógico que queríamos ir mais longe na Copa Sul-Americana, mas enfrentamos um time melhor que o nosso. Perdemos porque o Junior se apresentou melhor e mereceu a vitória. Temos de focar no jogo de domingo (pelo Brasileiro), no resto da competição, fundamental para tudo, para deixar o Sport na primeira divisão. E aí foi necessária essa tomada de decisão. A partir de agora nós vamos trabalhar para ver o que será melhor para o Sport em termos de direção técnica”, encerrou.

O Sport Recife é o 15º colocado na tabela de classificação, com 35 pontos, dois a mais que o Vitória, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento. Nesse domingo, o Leão encara o Coritiba em confronto direto contra o Z4, de novo em Pernambuco, pela 31ª rodada do Brasileirão. Para o duelo de volta pela Copa Sul-Americana, dia 2, na Colômbia, a tendência é que o time vá apenas com reservas.

Imagem: Fernando Dantas/Gazeta Press

Com informações da Gazeta Esportiva

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: