Poder

Picciani alega ‘motivos pessoais’ e entra de licença na Alerj

Redação
Escrito por: Redação
Presidente da Assembleia Legislativa só retomará atividades parlamentares em fevereiro

presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani (PMDB), entra de licença das atividades parlamentares a partir desta segunda-feira (20).

De acordo com o jornal O Dia, o peemedebista alegou “motivos pessoais” para pedir o afastamento. Ele só deve retomar atividade na Alerj em fevereiro do próximo ano. Picciani afirma que precisa do tempo para cuidar da situação financeira da Agrobilara, sua empresa que teve os bens bloqueados por determinação do Tribunal Regional Federal.

MP pede anulação da sessão que libertou Picciani, Albertassi e Melo

Picciani nega que o afastamento ocorra por conta de pressão de aliados. Ainda de acordo com o jornal, o presidente da Alerj e os deputados Paulo Melo (PMDB) e Edson Albertassi (PMDB), soltos após votação na últma sexta (17), vem sendo aconselhados a se afastarem da Casa para evitar desgastes.

O Ministério Público Federal deve pedir, na próxima terça (21), o afastamento dos três deputados ao Tribunal Regional Federal. “Se tiver essa decisão do TRF, vou acatar de imediato e recorrer ao Supremo Tribunal Federal”, disse Picciani, sobre a possibilidade. Com informações do Notícias Ao Minuto.

Imagem de capa:Reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: