Jane Rezende Saúde

Novas recomendações para a vacina da febre amarela

Jane Rezende
Escrito por: Jane Rezende

Por Jane Rezende – A febre amarela continua sendo um importante problemas de saúde pública em áreas endêmicas. Nos últimos  anos a  febre amarela se encontra restrita a área compreendida por Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Panamá, Peru, Suriname, Trinidad e Tobago e Venezuela. A principal estratégia de prevenção é a vacinação. Sugere-se para os viajantes checarem se o local a ser visitado já está praticando a vacina.

Orientações para a vacinação contra febre amarela é para residentes em área com recomendação da vacina ou viajantes para essa área. Indicação e Esquema:

Crianças de 9 meses até 4 anos 11 meses e 29 dias de idade. Administrar 1dose aos 9 meses de idade e 1 dose de reforço aos 4 anos de idade, com intervalo mínimo de 30 dias entre as doses.

Pessoas a partir de 5 anos de idade, que receberam uma dose da vacina antes de completar 5 anos de idade. Administrar uma única dose de reforço, com intervalo mínimo de 30 dias entre as doses.

Pessoas a partir de 5 anos de idade, que nunca foram vacinadas ou sem comprovante de vacinação. Administrar a primeira dose da vacina e 1dose de reforço, 10 anos após a administração dessa dose.

Pessoas a partir dos 5 anos de idade que receberam 2 doses da vacina. Considerar vacinado. Não administrar nenhuma dose.

Pessoas com 60 anos e mais, que nunca foram vacinadas ou sem comprovante de vacinação. O médico deverá avaliar o benefício/risco da vacinação, levando em conta o risco da doença e o risco de eventos adversos nessa faixa etária e/ou decorrentes de doenças associadas.

Portanto não correr aos postos de saúde para vacinar-se de qualquer forma ou vacinar seus filhos sem indicações precisas.

Procurar orientações com seu pediatra ou postos de saúde de sua região.

Imagem de capa: Reprodução

Sobre o autor

Jane Rezende

Jane Rezende

Jane Rezende é médica pediatra.

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: