Z1 Cidades

Limeira: Três são detidos suspeitos de aplicar golpe contra idosos

Redação
Escrito por: Redação

Homens tinham até máquinas de cartão para realizar o crime, segundo a Guarda Municipal.

Três homens que têm entre 36 e 45 anos foram detidos nesta terça-feira (31) em Limeira (SP) suspeitos de se passar por funcionários de uma empresa prestadora de serviço da Elektro, responsável pelo fornecimento de energia, e furtar idosos. Segundo a Guarda Civil Municipal, os homens usavam crachás, entravam na casa das vítimas e realizavam o furto.

A Elektro informou que todos os funcionários são identificados por uniforme, crachá e carro da própria empresa.

A detenção ocorreu após uma das vítimas, que caiu no golpe em 25 de outubro, denunciar o crime aos guardas e informar a placa do carro, modelo Honda Civic, utilizado pelos suspeitos. Com a tecnologia por câmeras, os guardas encontraram o veículo e foram para a Vila São João, bairro da vítima que denunciou.

A equipe da guarda localizou o veículo por volta de 10h30. Nele, estavam os três homens, que admitiram que praticavam o golpe não só em Limeira, mas em outras cidades da região, informou a guarda.

Segundo a corporação, a Vila São João, por ser um bairro que abriga muitos idosos, era um ponto muito visado pelos homens, que moram em São Paulo e viajavam para o interior para realizar os crimes.

Além dessa vítima, pelo menos outras duas residências foram furtadas pelos homens, informou a corporação.

O golpe

Os homens escolhiam as casas de idosos, preferencialmente, e se passavam por funcionários de uma empresa prestadora de serviço da Elektro, segundo a guarda. Eles afirmavam às vítimas que a residência estava consumindo muita energia e que precisariam realizar uma vistoria.

Enquanto a vítima acompanhava um dos homens, os outros dois realizavam os furtos. Em um dos casos, o trio encontrou um cartão de crédito da vítima com a senha e usou uma máquina de cartão para transferir dinheiro ainda na casa dos idosos. Não foi preciso nem levar o cartão para realizar o furto.

Além da máquina de cartão, foram apreendidos o carro, um rotulador eletrônico para fazer etiqueta e outros objetos que os três usavam para se passar por funcionários da empresa.

Na delegacia, eles foram indicados por furto mediante a fraude. Os homens responderão ao crime em liberdade. A Polícia Civil deve ouvir mais vítimas.

A Elektro

Por nota, a Elektro informou que nenhuma empresa com o nome LightBolt, que os homens diziam trabalhar, presta serviço para a fornecedora de energia. Além disso, que os clientes devem denunciar visitas ou conduta ilegais.

“A Elektro esclarece que todos os funcionários são identificados pelo uso de crachá, uniforme e veículo da empresa. A responsabilidade da Elektro é o fornecimento de energia elétrica até a entrada do padrão (onde fica o relógio de luz) da residência dos clientes. Para denunciar visitas ou qualquer conduta ilegal praticada por falsos funcionários utilize o 0800 701 01 02”.

Imagem: Wagner Morente/ Comunicação GCM Limeira)

Com informações do G1

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: