Violência

Jovem sobrevive após ser baleado e enterrado vivo por criminosos em MG

Escrito por: Rogerio Azevedo

O caso aconteceu no dia 26 de julho, mas a vítima falou pela primeira vez depois do ocorrido nesta terça-feira (17).

Quase três meses após ter sido alvo de criminosos em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, um jovem de 18 anos falou pela primeira vez sobre o ocorrido nesta terça-feira (17). Ele foi agredido pelos suspeitos e enterrado vivo. O caso aconteceu no dia 26 de julho e a vítima só foi encontrada pela mãe um mês depois, em estado de coma, no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, na capital mineira.

“Deus me deu outra vida”, constatou o rapaz durante coletiva da polícia. Em depoimento à polícia, segundo informações do G1, ele relatou os momentos de terror. “Primeiro foi paulada na cabeça, aí eu já desmaiei. Depois foram dois tiros”. A motivação do crime seria por causa de um roubo de uma porção de drogas de traficantes.

O rapaz contou como conseguiu sair do buraco onde foi enterrado. Com a unha, ele disse ter cavado a terra e conseguiu, em seguida, se arrastar até um local movimentado. Apenas um dos três suspeitos continua foragido. Os presos vão responder por sequestro e tentativa de homicídio. “O perfil deles é ficha extensa na polícia, com tráfico de drogas, homicídio, porte de arma”, revelou o delegado Wilson Luiz de Oliveira.

Imagem:  Reprodução/TV Globo

Com informações do Notícias ao Minuto

Sobre o autor

Rogerio Azevedo

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: