Esportes em Geral

Hamilton: “A não ser que Vettel erre, a luta vai continuar”

Redação
Escrito por: Redação

O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, líder do Mundial de Pilotos da Fórmula Um, que vai largar na pole neste domingo no Grande Prêmio dos Estados Unidos, declarou que “a não ser que Vettel erre, a luta vai continuar”.

“A última volta não foi espetacular, mas geralmente fomos muito, muito fortes. Com um pouco de sorte acredito que poderia ter baixado para um minuto e 32 segundos. A equipe fez um grande trabalho. A pista estava muito complicada, com o vento nos castigando bastante”, explicou Hamilton, de 32 anos, que vai brigar, além disso, pela sua 62ª vitória na F1 neste domingo.

“No primeiro setor o vento vinha por trás e depois pela frente na nona curva, e era complicado saber quanto você podia acelerar. Isso é o que me encanta neste circuito, ainda mais quando se tem um carro que se adapta bem”, opinou Hamilton, que lidera o Mundial com 306 pontos, 59 a mais que Vettel.

“Vai a ser uma grande corrida, uma dessas carreiras difíceis, porque cuidar dos pneus nestas condições será complicado”, continuou o piloto britânico, que assegurará matematicamente seu quarto título mundial neste mesmo domingo se ganhar a corrida e Vettel não passar do sexto lugar; ou se acabar em segundo e o alemão chegar acima de nono. Algo que ele considera “bastante improvável”. Com informações da EFE.

Imagem de capa:EFE/EPA/Larry W. Smith

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: