Educação

Fuvest 2018: Tema da redação aborda polêmicas em museus de arte

Redação
Escrito por: Redação

A prova de redação da Fuvest 2018 abordou o tema “Devem existir limites para a arte?”. Segundo candidatos que prestaram a segunda fase do vestibular neste domingo (7), a prova exigiu interpretação de texto e não teve muitas questões com embasamento literário. Além da redação, o primeiro dia da segunda fase também teve questões de português.

O tema da redação era embasado com reportagens sobre a polêmica da Exposição Queer Museu no Santander Cultural em Porto Alegre (RS). A exposição sobre diversidade sexual foi cancelada em setembro do ano passado após ataques aos organizadores nas redes sociais. A redação também trazia a nota do Santander Cultural sobre a polêmica.

Alunos começam a fazer as provas da segunda fase da Fuvest 2018 na USP (Foto: Celso Tavares/G1)

Tainá Souza Pacheco, de 27 anos, presta pela segunda vez a prova da Fuvest. Já formada em economia, ela tenta matemática. “Na segunda vez é mais fácil, porque a cobrança é menor.”

Prestando vestibular para conseguir transferência do curso de pedagogia para letras, Rafaela Paiva Fonseca, de 22 anos, gostou do tema da redação e achou “pertinente”.

“Ajuda não ser o primeiro vestibular, achei mais fácil comparado aos outros anos”, disse Rafaela. “A prova está mais tranquila, mas precisava focar mais atento para não passar nada. Eu não diquei surpresa com o tema, mas não esperava. Achei bem pertinente, foca no preconceito e te incita a falar sobre censura. Achei um tema muito bom”.

Prestando o vestibular para contabilidade, Paulo Brito, de 40 anos, achou a prova bem colocada e com espaço para debates.

“Tema inteligente, bom e com espaço para desenvolver, atual. Navegar sem ideologia e sem forcar brigas ideológicas. As seis primeiras questões foram claras”, disse.

Thiago Biscuola, de 29 anos, concorda e acrescenta que a prova não exigia conhecimentos específicos e sim “se você sabe o uso correto da língua”.

Candidatos esperam a abertura dos portões para o início da segunda fase da Fuvest 2018 (Foto: Celso Tavares/ G1)

Para a segunda fase do vestibular Fuvest 2018 foram convocados 19.690 candidatos que concorrem a uma das 8.402 vagas oferecidas nos cursos da USP, além de 2.100 treineiros, totalizando 21.790 vestibulandos.

Na segunda-feira (8) a prova será das disciplinas: História, Geografia, Matemática, Física, Química, Biologia e Inglês. Já na terça-feira (9), a prova terá questões das disciplinas de acordo com a carreira escolhida. Para candidatos de Artes Cênicas, o vestibular continuará com as provas de habilidades específicas entre 10 e ‪12 de janeiro‬.

Provas da segunda etapa

Os portões abriram ‪às 12h30‬ (horário de Brasília) e foram fechados ‪às 13h‬. A partir das 15h os candidatos puderam deixar o local de prova.

A segunda fase é constituída de três provas discursivas, obrigatórias para todos os candidatos. Cada uma delas terá 4 horas de duração:

1º dia – 7 de janeiro (domingo): 10 questões de português e redação.

2º dia – ‪8 de janeiro‬ (segunda-feira): 16 questões sobre as seguintes disciplinas do núcleo comum obrigatório do ensino médio: história, geografia, matemática, física, química, biologia e inglês.

3º dia – ‪9 de janeiro‬ (terça-feira): 12 questões de duas ou três disciplinas (6 ou 4 questões de cada uma), de acordo com a carreira escolhida pelo vestibulando.

Nesses três dias, os cadernos de provas serão disponibilizados a partir das 19 horas, no site da Fuvest.

Com informações do G1

Imagem de capa: Candidatos esperam a abertura dos portões para o início da segunda fase da Fuvest 2018 (Foto: Celso Tavares/ G1)

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: