Gastronomia Karina Bertocco

Falando em sazonalidade… Aspargos, qual escolher?

Karina Bertocco
Escrito por: Karina Bertocco

Por Karina Bertocco – Setembro entramos na época de colheita dos deliciosos aspargos no Hemisfério Sul, verde ou branco, ambos são super nutritivos e combinam bem com muitas preparações culinárias. No hemisfério Norte a época é no final de março, começo de abril.

 

Os aspargos brancos são colhidos antes de se exporem ao sol, tem um sabor mais suave e adocicado e é um pouco menos nutritivo do que o verde. Mas nada que impeça você de consumir essa maravilha!

Os aspargos verdes são colhidos depois de aflorar completamente. Assim que o Sol toca nas pontas dos aspargos, eles produzem clorofila e colorem os aspargos desde um tom marfim até um verde escuro. Tem sabor mais forte e ácido.

Por ser um tipo de legume delicado, mas de fácil preparo e riquíssimo em nutrientes, costuma ser recomendado para muitos tipos de dietas de emagrecimento, uma porção de 100 g tem em torno de 20 calorias apenas, mas contém cálcio, potássio, vitamina B, vitamina C, é rico em fibras, tem função diurética… E como se não bastasse, não contém gordura e nem colesterol! Digamos que é um sonho de consumo né?

E para melhorar, como os aspargos frescos não costumam ter um preço muito amigável, fiz essa matéria para contar para vocês que estamos entrando na época de colheita dessa delícia, e conseqüentemente os preços caem e se tornam mais acessíveis.

Mas como escolher os aspargos? Escolha os que estão bem firmes, com uma coloração viva e brilhosa. Os mais grossos costumam ser mais fibrosos e requerem mais tempo de cocção. Já os mais finos cozinham rapidamente. O ponto certo é quando os aspargos ficam macios, mas ainda crocantes no caso dos verdes… Se cozinhar muito, mudam a coloração ficando com um tom mais amarronzado. Já os aspargos brancos tem uma textura mais macia e mole. Uma dica caso opte por cozinhá-los em água fervente, depois reaproveite a água para cozinhar uma massa ou fazer um caldo. Também podem ser assados, fritos e cozidos no vapor!

Ambos podem ser servidos com saladas, cremes, risotos, massas, pizzas, com carnes, e também apenas com um molho. Na Europa esse ingrediente faz parte de muitos pratos e da rotina dos europeus, especialmente dos Alemães. O preferido é o aspargo branco, servido com batatas e molho holandês.

Uma delícia simples, e muito fácil de preparar…

Sobre o autor

Karina Bertocco

Karina Bertocco

Formada em Gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi, com curso de harmonização na Le Cordon Bleu em Paris, cursos de confeitaria e panificação na escola do Chef Rogério Shimura. Apaixonada por viagens, passei por mais de 20 países conhecendo novos sabores e culturas.

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: