Delson Luiz F. Leite Transformação Digital

E-mail Marketing ferramentas gratuitas

Delson Luiz
Escrito por: Delson Luiz

Por Delson Luiz F. Leite – Antes de começar a enviar e-mail marketing, você precisa saber de uma coisa: é quase impossível enviar um e-mail pessoal a cada um. Para que você consiga otimizar o seu trabalho, existem ferramentas que disparam vários e-mails se uma só vez – e o melhor são gratuitas. Conheça as mais usadas e facilite sua vida!

Mailchimp

Se você tem menos de 2.000 contatos, ele é perfeito para você! Com o plano Frever Free, é possível enviar até 12 mil e-mails grátis por mês. Embora o plano ofereça muitas funções, algumas funcionalidades ficam bloqueadas apenas para assinantes, como a autorrespostas. Outra questão para se analisar é que os e-mails entregues por eles vão com o logo da empresa em seu rodapé, porém no plano pago ele pode ser removido.

 

ActiveCampaign

É considerado um dos melhores softwares gratuitos do mercado. Com ele é preciso enviar e-mail para até 2.500 contatos com os mesmos recursos do plano pago. A Assinatura dele não expira enquanto a sua lista de contatos estiver abaixo do limite. Esse software é o que mais contém benefícios para e-mail marketing.

Benchmark Email

Com o seu plano gratuito é possível enviar até 10 mil e-mails por mês. Além disso, ele oferece muitos recursos, como pesquisas on-line, modelos de e-mail, acompanhamento de estatísticas etc. Para se inscrever, basta criar um login e senha. O ponto negativo é que com o plano gratuito você só pode construir a sua lista com usuários que se cadastraram por meio de um formulário de inscrição.

BLACKLISTS

Elas foram criadas para evitar os terríveis SPAMs! São Listas que agrupam e-mails, endereços de IP, ou domínios que foram denunciados como disseminadores de mensagens SPAM. Geralmente a denúncia é feita pelos próprios receptores da mensagem que não autorizam o seu recebimento. Para não cair em um blacklist, evite enviar e-mails em grandes quantidades para pessoas que não escolheram receber as suas correspondências; enviar e-mails com conteúdos maliciosos, preconceituosos ou pornográficos; enviar e-mails com vírus ou software suspeitos. Caso você já tenha entrado em uma, entre em contato com a organização responsável pela lista e veja o seu processo para sair. É comum eles fazerem um acompanhamento do seu trabalho antes da retirada da blacklist para ter certeza de que você não pratica SPAM.

E-MAIL INFORMATIVO

Ele é caracterizado pelas famosas ´newsletters´, com o objetivo de informar sobre as atualizações e novidades relevantes sobre o seu negócio ou nicho de mercado. Geralmente possui textos e chamadas maiores com links para o seu site.

E-MAIL TRANSACIONAL

É uma mensagem que indica algo já esperado pelos clientes, como informações para os usuários confirmarem um pedido, uma compra, a troca de senha, cadastro, etc. O foco dessa mensagem é para confirmação e não para descoberta, portanto costumam ser e-mails simples e curtos.

E-MAIL ESPECIAL

É um e-mail enviado para os usuários em datas comemorativas que vai com uma mensagem personalizada. Essa campanha pode corresponder a mensagens de aniversário, parabenizações por alguma conquista etc. A ideia é fazer que seus clientes se sintam lembrados e especiais. Em alguns casos, a lembrança vem acompanhada de uma promoção ou desconto.

10 DICAS PARA PRODUZIR UM BOM CONTEÚDO DO E-MAIL

É ele o divisor de águas de um e-mail marketing. O conteúdo determina se o seu cliente abrirá o seu e-mail e entrará na sua página ou se o mandará direto para a lixeira. Para não correr este risco, confira algumas dicas para produzir bom conteúdo e garantir um bom resultado!

  1. APOSTE EM PALAVRAS-CHAVE

Como no SEO, no e-mail marketing elas também são importantes. Inclua no título palavras que casam com o seu segmento de atuação. Isso gerará contexto para o usuário e acabará mantendo bons padrões de relevância.

  1. ASSUNTO ATRATIVO

O objetivo do seu e-mail é que o cliente o abra e clique no seu link, certo? Para isso é necessário pensar em conteúdos inovadores e em um título que seja impossível ele não clicar. Ao criar um assunto, procure usar entre 25 a 40 caracteres para falar dele. Essa é a faixa que mais dá resultados.

  1. COMPARTILHE SEU CONHECIMENTO

Divida as suas experiências com os seus leitores. Que tal contar para eles como você obteve sucesso ou como desenvolveu aquela coleção de roupas? Não se esqueça de que criar proximidade com o público é fundamental. As pessoas gostam de se relacionar com pessoas e não com marcas inatingíveis.

  1. VÁ DIRETO AO PONTO

Evite e-mails logos de mais! Os clientes não gostam de serem enrolados ou perder tempo para descobri algo. É por isso que eles optam por marcas práticas e objetivas e que vão direto ao ponto, portanto seja breve, caso contrário o seu e-mail marketing será perdido.

  1. INSIRA LINKS

Quanto mais links tiver no e-mail, maior a chance de estes serem clicados, mas tome cuidado com a poluição visual. Mostre ao cliente os benefícios que ele terá ao clicar no seu link, isso conta bastante.

  1. DEIXE SUA CALL-TO-ACTION VISÍVEL

Muitos colocam a chamada para ação bem no finzinho do e-mail, o que é um erro, afinal esse é o principal objetivo do seu e-mail. Faça que o cliente não precise procurar muito para encontrá-la e vá direto ao ponto.

  1. GARANTA CONTEÚDO EXCLUSIVO

Se o cliente puder ler aquele texto que você enviou em algum outro lugar, qual benefício terá ao clicar no seu e-mail? Produza conteúdo exclusivo e interessante, isso garantirá que ele clique e seu e-mail para continuar lendo sobre o assunto.

  1. INCLUA ESTATÍSTICAS

Gráficos bonitos com o status da sua empresa e produto no mercado, comparando com a concorrência, são sempre atrativos. Pesquisas são muito bem-vindas pelo consumidor e estudos de caso também rendem matéria interessantes. E-mails com números são rápidos no entendimento e muito bem-vindos.

  1. USE EMOTIONS

Eles trazem uma relação emocional e visual ao título do e-mail e influenciam bastante na abertura dele. Mas use-os com moderação! Faça isso apenas de vez em quando, pois, caso contrário, eles poderão perder a sua relevância.

  1. EVITE PALAVRAS MUITO COMERCIAIS

Grátis, promoção, clique, abra, crédito, oferta, compre, etc. Elas são muito usadas, porém as chances de gerarem frustração são altas. E se o cliente se frustrar, não abrirá mais nenhum e-mail seu.

Bom vou precisar de mais pelo menos um artigo para dar uma cobertura básica no tema. Continuo na próxima segunda e boa semana a todos. (Continuarei abordando o tema E-MAILMARKETING…)

Delson Luiz F. Leite.

Consultor Executivo de Transformação Digital     www.einsofti.com

Sobre o autor

Delson Luiz

Delson Luiz

Consultor Executivo TI – formado pela Universidade Mackenzie em Engenharia da Computação, Pós Graduado pela USP Escola Politécnica em Administração, 56 anos dos quais 40 em TI consolidada experiência em TI – Consultoria e Assessoria em Operação, Segurança, Desenvolvimento, Suporte e Treinamento, atuando em organizações de renome como: EDS 1.989-1991 e 2001 -2003, HP Hewlett Packard 1.995-1996, Andersen Consulting/Accenture 1997-2001, Compuware 2004-2005, Siemens IT 2.006-2009, Lógica/CGI 2011-2015 e desde 2016 é CEO da EinSofTI Tecnologia da Informação (Indaiatuba SP) especializada em Consultoria em Transformação Digital (Cloud Computing + Inbound Marketing) e Serviços especializados em Software.

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: