Indaiatuba

Cidades da região reforçam medidas contra febre amarela

Redação
Escrito por: Redação

A Prefeitura de Itatiba continua a vacinação contra a febre amarela após a morte de um homem de 76 anos pela doença. O idoso vivia em uma área rural. A região fica na divisa com Jundiaí, na qual 53 macacos morreram infectados. No local, o secretário de Saúde, Fábio Alves, diz que o atendimento é feito de casa em casa.

Ele garante que o índice de imunização atingiu os 60% e é considerado satisfatório pela Pasta Estadual. Ao todo, 71 mil moradores receberam a dose. O diagnóstico de um possível caso segue inconcluso, pois o paciente internado na Unicamp foi vacinado e os sintomas podem ser reações ao medicamento.

Em Valinhos, dois casos suspeitos deram negativo. Um terceiro aguarda resultado. Mas a vacinação foi ampliada e passou de dois para 10 bairros. A medida foi adotada depois da detecção do vírus em dois saguis mortos na área urbana da vizinha Campinas, que programou um Dia D contra febre amarela.

O trabalho no maior município da região metropolitana acontece no dia 28, paralelo à visitação nas regiões onde os animais infectados foram encontrados. O médico infectologista da Vigilância em Saúde de Campinas, Rodrigo Angerami, alerta que a vacinação serve para barrar o vetor urbano da doença.

Além de entrar nas casas para o combate aos criadouros do aedes aegypti, a nebulização também foi adotada para evitar a proliferação pelos bairros. Campinas teve um caso autóctone no primeiro semestre. O idoso que vive na área rural do distrito de Sousas foi internado, recebeu o tratamento e foi curado.

Desde janeiro, cerca de 300 mil pessoas foram vacinadas na cidade. Após a morte dos macacos, porém, a Prefeitura decidiu intensificar a campanha. No próximo dia 28, no chamado Dia D, as doses serão oferecidas à população nos 64 centros de saúde. Os locais vão abrir entre 8 da manhã e 5 da tarde. Com informações da CBN

Imagem de capa:Reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: