Z1 Cidades

Campinas: Trânsito de Campinas é avaliado como excelente

Redação
Escrito por: Redação
O levantamento foi realizado no Waze Driver Satisfaction Index 2017.
O trânsito de Campinas é, constantemente, alvo de reclamações dos motoristas por diversos pontos, como falta de sinalização de outros usuários ou engarrafamentos. Contudo, de acordo com pesquisa feita pelo aplicativo de navegação para veículos Waze, a cidade está entre as cinco melhores do País para se dirigir, ocupando a terceira colocação.
O levantamento Waze Driver Satisfaction Index 2017 (Índice de Satisfação dos Motoristas) foi feito com base no nível de trânsito, qualidade das vias e infraestrutura, segurança das vias, serviços ao motorista, e fatores econômicos e sociais.
Além da Grande Campinas, Atibaia, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté completam o ranking dos cinco melhores locais para trafegar no Brasil. Para o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro, o resultado da pesquisa reflete “as importantes ações que o município vem desenvolvendo para melhorar a qualidade”.
Durante o mês de setembro, no evento de comemoração aos 20 anos do Código do Trânsito Brasileiro (CTB), o prefeito Jonas Donizette (PSB) recebeu um troféu de reconhecimento por ações desenvolvidas na busca de um trânsito mais humano e seguro.
Barreiro acredita que foram vários os motivos para a obtenção dos resultados positivos. “Estamos inovando a todo momento, com o uso de pesada engenharia de tráfego para resolver gargalos no trânsito, redução da velocidade máxima em vias importantes, privilégio ao transporte público, ações educativas e fiscalização contínua, como o videomonitoramento que acabamos de implementar efetivamente no nosso município. E tudo com um único objetivo: a preservação da vida.”
Entre as melhorias apresentadas pelo trânsito em Campinas está a redução do número de mortes no trânsito urbano. Em 2013 foram registradas 101 mortes neste quesito; em 2014 a quantidade caiu para 96; 2015 foram 88 mortes; e em 2016, 74 óbitos. Com esses números, o índice de mortalidade no trânsito urbano em Campinas, para cada grupo de 100 mil habitantes, é de 6,3. Ou seja, melhor do que países como Bélgica (6,7), Portugal (7,8) e Estados Unidos (10,6). O índice da região também é menor do que o do Brasil (23,4).
Comparação
O relatório também aponta que nove das 100 melhores cidades para se dirigir no mundo estão no Brasil. A comparação foi feita com base em avaliação nos 39 países onde o aplicativo Waze é ativo. Os melhores países para dirigir são Holanda, França e Estados Unidos. Por outro lado, o ranking feito pelo Waze também mostrou as cinco piores cidades para dirigir no Brasil: Florianópolis, Manaus, João Pessoa, Belém e Vitória.
Para o motoboy Roberval Almeida, de 25 anos, o trânsito, de maneira geral, é bom. “Estou todo dia aqui em horário de pico e também final de semana. É uma cidade bem organizada. Considero justa a colocação no ranking pelo tanto de habitantes. Ao contrário de Jundiaí e outras cidades, Campinas comporta melhor o trânsito”, disse.
O professor de geografia, Fábio Murilo Beraldo, de 47 anos, por sua vez, se mostrou assustado com a boa colocação da cidade. “Discordo da pesquisa, acho o trânsito complicado. A engenharia de tráfego é muito complicada. Acredito que o trânsito de Campinas chegará num gargalo e ficará caótico como o de São Paulo. As avenidas Amoreiras e a John Boyd principalmente. Esse dado é assustador”, afirmou.
Imagem: Reprodução / Renan Fernandes/AAN
Com informações do Correio Popular

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: