Z1 Cidades

Campinas: Policial federal vai a júri popular por morte de corretor de imóveis durante briga de trânsito

Redação
Escrito por: Redação

A 1ª Vara do Júri de Campinas (SP) inicia na manhã desta terça-feira (14) o julgamento do policial federal José Fernando Valente, acusado pela morte do corretor de imóveis Tiago Rocha, em abril de 2014. A vítima foi esfaqueada durante uma briga de trânsito entre a Avenida Nossa Senhora de Fátima e a Rua Roberto Simonsen, Taquaral, e morreu no Hospital Municipal Dr. Mário Gatti.

De acordo com o Tribunal de Justiça do estado (TJ-SP), o julgamento terá início às 9h e estão previstas as oitivas de nove testemunhas, antes de interrogatório do réu. Na sequência, haverá debate entre acusação e defesa, esclarecimentos de peritos, votação dos jurados e julgamento.

Atualmente, o réu cumpre prisão domiciliar e o advogado dele, José Pedro Said Junior, não retornou à ligação do G1 para comentar o assunto. A PF não confirmou a expulsão do réu até a publicação.

Veículo de corretor de imóveis ficou com marcas de sangue (Foto: Reprodução / EPTV)

Veículo de corretor de imóveis ficou com marcas de sangue (Foto: Reprodução / EPTV)

O caso

O policial não estava em horário de trabalho e dirigia o carro particular, modelo Passat, quando se envolveu no acidente com o corretor de imóveis, que estava em um automóvel Polo.

Um subtenente aposentado da PM passava pelo local no momento da briga e relatou ter visto o agente da PF desferir as facadas contra o corretor. Ele deu voz de prisão ao agressor, que não resistiu e foi levado para o 4º Distrito Policial de Campinas, onde a ocorrência foi registrada. Com informações do G1

Imagem de capa:

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: