Terrorismo

Após 5 anos como refém do Talibã, mulher é internada em hospital

Redação
Escrito por: Redação
Sequestrada com o marido durante uma viagem de mochilão pelo Afeganistão, Coleman teve seus três filhos no período em que foi mantida presa

Depois de ser resgatada, com a sua família, do poder de um grupo extremista relacionado ao Talibã, a americana Caitlan Coleman foi internada em um hospital em Toronto, no Canadá. Segundo informações do jornal O Globo, o marido de Coleman, Joshua Boyle, que junto com ela e os seus três filhos também esteve preso durante cinco anos em um cativeiro, a mulher está hospitalizada desde a última segunda-feira (16). Não foi divulgado o motivo da internação.

Imagens de satélite revelam destruição e contradizem líder de Mianmar

Sequestrado durante uma viagem de mochilão em 2012 pelo Afeganistão, o casal teve seus três filhos no período em que foi mantido preso. “Minha mulher passou pelo inferno e tem sido minha primeira prioridade no momento”, declarou Boyle, liberado na semana passada, em entrevista à Associated Press.

Após libertação da família pelo grupo Haqqani, o ex-refém denunciou, ao chegar em Toronto na última sexta-feira (13), que os extremistas teriam matado uma de suas filhas e estuprado a sua esposa durante o tempo em que ficaram enclausurados. A criança teria morrido em consequência de um aborto forçado, ao contrário da informação anunciada no comunicada enviado pelo Tabilã, de que a criança teria morrrido em um aborto espontâneo.

Ainda em entrevista à Associated Press, mesmo sob cárcere o casal resolveu ter filhos porque sempre planejou ter uma família numerosa. Coleman estaria grávida da primeira criança quando ela e o marido foram sequestrados, mas deu à luz aos outros filhos em cativeiro. O mais novo deles é uma bebê de apenas dois meses. A família foi resgatada na última quarta-feira (12) por tropas do Paquistão, com base nas informações da inteligência americana. Com informações do Notícias Ao Minuto.

Imagem de capa:Reuters

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: