Z1 Cidades

Após 32 anos, cavalaria da Polícia Militar encerra serviços em Rio Claro, SP

Redação
Escrito por: Redação
Após 32 anos, cavalaria da Polícia Militar encerra serviços em Rio Claro, SP.

Depois de 32 anos atuando em Rio Claro, a cavalaria da Polícia Militar foi fechada. Os gastos com o tratamento dos cavalos e a maior eficiência do policiamento motorizado estão entre as justificativas dadas pela PM.

Nos próximos dias, os cavalos que estão na companhia da PM, no bairro Cervezão, serão devolvidos para o regimento de cavalaria, em São Paulo. Ao todo são nove animais que faziam parte do grupamento de polícia montada de Rio Claro e que foi desativado no início de outubro.

Despesas e horas de serviço

A despesa com os cavalos, que incluía veterinário, alimentação e limpeza, era muita alta. Além disso, os policiais que cuidavam dos animais passavam muito mais tempo nas baias do que nas ruas fazendo o trabalho preventivo.

“Enquanto um policial de uma rádio patrulha, de um turno de 12 horas de serviço, em meia hora ele faz a manutenção de primeiro escalão da viatura, o policial da cavalaria despendia 6 horas de serviço para a preparação do cavalo”, afirmou o sub-comandante da PM em Rio Claro, major Rodrigo Arena.

Melhorias no policiamento

Ele explica que dos nove policiais que faziam parte do grupamento montado, oito já estão atuando nas ruas e um está fazendo serviços administrativos. Ele diz ainda, que com a mudança, o trabalho de policiamento preventivo ganha em mobilidade.

“Para fins de policiamento preventivo e repressão imediata, que acontece logo após o crime ter ocorrido, o policiamento motorizado ele tem apresentado um rendimento maior que a cavalaria, que tem uma ação limitada nessas ocasiões”, disse Arena.

Imagem: Ronaldo Oliveira/ EPTV
Com informações do G1

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: