Futebol Internacional

Aguero decide nos acréscimos, e City vence Bristol pela Copa da Liga

Redação
Escrito por: Redação

O Manchester City venceu o Bristol City, nesta terça-feira, no jogo de ida da semifinal da Copa da Liga Inglesa. Recebendo os rivais da Segunda Divisão do país, a equipe do técnico Pep Guardiola tomou conta do jogo, mas sofreu para transformar sua superioridade em gols. O triunfo só veio no apagar das luzes, aos 47 minutos do segundo tempo, graças a Aguero, que desviou de cabeça para garantir a virada por 2 a 1 aos Citizens e colocar o time em boa posição na disputa por uma vaga na final do torneio.

Com o resultado, o Manchester City precisará de um simples empate no jogo de volta, no próximo dia 23 de janeiro, fora de casa, para se classificar à decisão. Em caso de vitória por 1 a 0 do Bristol City, a partida irá para a prorrogação, estágio em que valerá como critério de desempate os gols marcados fora de casa. O vencedor da disputa encara Arsenal ou Chelsea na grande decisão da Copa da Liga Inglesa.

O jogo – Se enganou quem pensava que o Bristol City iria se limitar apenas em defender. Tentando pressionar a saída de bola dos Citizens em alguns momentos, a equipe visitante dificultou a tarefa dos rivais em se impor dentro de casa e fazer prevalecer o amplo favoritismo no primeiro tempo. Se as investidas do Manchester City não eram barradas pela zaga rival, eram os homens de frente comandados por Guardiola que acabavam desperdiçando as oportunidades criadas.

A falta de capricho na conclusão das jogadas foi o principal pecado do Manchester City no primeiro tempo. Vendo o goleiro Fielding fazer defesas providenciais para manter o zero a zero no placar, os donos da casa seguiam tentando, enfim, balanças as redes, porém, que alcançou o objetivo no jogo foi o Bristol City, aos 41 minutos, após pênalti de Stones em Reid. O atacante foi para a cobrança e bateu firme, no canto direito de Bravo, para abrir o placar.

Surpreendentemente em desvantagem mesmo jogando em casa, o Manchester City ainda tentou igualar o marcador antes de ir para o intervalo, no entanto, seguiu com a falta de sorte. Aos 45 minutos, Sterling recebeu em velocidade e tocou na saída de Fielding. O que o atacante inglês não contava era com a cobertura de Flint, que apareceu em cima da linha para cabecear por cima do gol e mandar a bola para a linha de fundo, frustrando os planos dos donos da casa.

O Manchester City voltou ainda mais agressivo para o segundo tempo. Logo aos cinco minutos de jogo a equipe de Pep Guardiola conseguiu puxar um contra-ataque com Sterling, que saiu em velocidade e, ao invés de acionar algum de seus companheiros, preferiu seguir sozinho, batendo em cima do goleiro. O camisa 7, no entanto, se redimiu minutos depois, aos dez, quando acionou De Bruyne no meio da área, que, por sua vez, bateu de primeira, forte, para empatar o jogo.

Aos 23 minutos foi a vez de De Bruyne retribuir a gentileza a Sterling, acionando o atacante com um cruzamento rasteiro. O camisa 7 acompanhou a rapidez da jogada e bateu à queima-roupa, porém, Fielding estava muito bem colocado para bloquear o arremate. Já na reta final da partida, diante da ineficácia do ataque, Guardiola resolveu apostar em Aguero e foi justamente ele quem garantiu o triunfo ao City.

Aos 47 minutos do segundo tempo, Aguero apareceu no meio da zaga e aproveitou o levantamento do português Bernardo Silva para desviar de cabeça, na saída do goleiro Fielding, para virar o jogo e sacramentar a suada vitória do Manchester City dentro de casa.

Imagem: Reprodução

Com informações da Gazeta Esportiva

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: